sábado, 25 de janeiro de 2014

Novo modelo de rolezinho estimula doação de sangue

Imagem: Reprodução/Facebook

Com a crescente moda dos rolezinhos emtodo o país, um grupo de 15 pessoas de Brasília decidiu dar um rumo diferente para esse tipo de protesto, mobilizando pessoas dispostas a doar sangue. Apenas na manhã de hoje (25), 20 pessoas conseguiram fazer a doação e aumentar o estoque do hemocentro da capital, que tem baixa neste período do ano.

O evento conseguiu atrair mais de 200 pessoas na última quarta-feira (22), mas apenas 70 cumpriam todos os requisitos para a doação. Com o lema Bora ali, bora? Fazer um rolezinho no Hemocentro de Brasília”, o grupo reuniu mais de 500 participantes que acompanham as campanhas pelo site.

No Rio de Janeiro, outro grupo de pessoas organiza movimento semelhante, marcado para o próximo dia 1º de fevereiro. Os organizadores justificam o rolezinho do Hemorio como um apoio à galera que está nos hospitais..

Para doar, o hemocentro orienta as pessoas a se alimentar bem. O doador precisa ter entre 16 e 67 anos, não estar fazendo uso de medicamentos, pesar acima de 50 quilos, ter dormido mais de seis horas, não praticar exercícios físicos ou ingerir bebida alcóolica nas 12 horas anteriores à doação.

Contribua para o debate, comente abaixo sobre os rolezinhos para doação de sangue!

Com informaçõe da Agência Brasil
Editado por Brasil Contra Corrupção