quarta-feira, 2 de julho de 2014

Pentágono teria colaborado com experimento secreto do Facebook

Imagem: Reprodução/Facebook
O chocante experimento do Facebook que foi revelado esta semana, em que manipulavam as emoções dos usuários da rede social, podem ter contado com a colaboração do Pentágono.
O grande experimento psicológico realizado pelo Facebook para ver como os usuários respondem a mensagens positivas e negativas, está relacionado a um projeto do Departamento de Defesa dos EUA chamado "Iniciativa Minerva '. Este programa finacia investigações universitárias, com o objetivo de compreender as dinâmicas sociais, culturais e políticas em diferentes regiões do mundo de interesse estratégico, escreveu o portal SCGNews.

O experimento foi iniciado após o professor da Universidade de Cornell Jeffrey Hancock, que, de acordo com as informações no site da Iniciativa Minerva, em 2009 recebeu fundos do Departamento de Defesa para conduzir o estudo 'Cornell: Modelagem de discurso e dinâmicas sociais em regimes autoritários'. Atualmente o Departamento de Defesa financia um outro projeto na Universidade de Cornell que estuda as redes sociais, a fim de determinar quando a indignação nas redes sociais torna-se tumultos reais nas ruas.

Segundo o portal, este episódio e anteriores, como escândalos envolvendo o Facebook no programa de vigilância em massa da NSA e do financiamento pelo governo dos EUA de uma rede social em Cuba para gerar instabilidade política e minar o governo da ilha indicam que Washington investe em atividades de redes sociais para desenvolver a manipulação em massa.

Fonte: RT
http://actualidad.rt.com/actualidad/view/132799-escandaloso-experimento-facebook-podria-financiado-pentagono
Editado por Brasil Contra Corrupção