sábado, 28 de junho de 2014

Em livro sobre corrupção, juiz diz que eleições no país são compradas: 'Pagou mais, levou'

Imagem: Divulgação

O juiz Marlon Reis, membro do Movimento de Combate à Corrupção Eleitora e um dos articuladores do projeto de autoria popular que resultou na Lei da Ficha Limpa, relata práticas de corrupção em seu livro: "O Nobre Deputado - Relato chocante (e verdadeiro) de como nasce, cresce e se perpetua um corrupto na política brasileira". Um caso verídico, demonstrando os terríveis efeitos da corrupção, é o de Benedito Leite (MA), um carente município de um dos mais pobres estados brasileiros, um convênio no valor de R$ 970 mil foi firmado em 2009 com a prefeitura local para a construção de uma pequena escola. Quatro anos depois, a construção, inacabada, ruiu.

O autor relata práticas do deputado Cândido Peçanha, personagem que é fictício, mas as práticas descritas por eles são reais. "O trabalho de pesquisa foi enriquecido com a análise de provas colhidas em processos judiciais". Reis realizou entrevistas em diversos Estados brasileiros e concluiu que há um padrão na adoção de certas práticas em todas as regiões do País. Entre suas fontes, cujas identidades ele preserva, há um senador.

"Ele me explicou que o resultado de qualquer eleição brasileira já estava definido muito antes do encerramento da votação. Muito antes da abertura das urnas", relata Reis. Segundo ele, as práticas descritas reduzem a nada a vontade do eleitor individual em uma eleição. "O que conta é a quantidade de dinheiro arrecadado para a campanha vencedora, que usa a verba num infalível esquema de compra de votos. Arrecadou mais, pagou mais. Pagou mais, levou. Simples assim".

O autor divide o livro em duas partes: a corrupção na arrecadação de dinheiro para as campanhas, que é feita por meio de doação não declarada de campanha, desvio de dinheiro de emendas parlamentares e convênios, licitações viciadas e agiotagem, e as artimanhas para converter os recursos arrecadados em votos, pela compra de apoio e dos próprios votos.

"Existe o agiota bom e o mau. O bom fica com o prejuízo quando o candidato não se elege. Mas o agiota mau cobra o dinheiro com ameaças e pode cometer crimes como sequestro e até assassinato". O juiz relaciona ainda as eleições à prática de outros crimes. "Em anos de eleição há picos de ocorrências de assaltos a banco. Nos anos sem eleição a incidência é bem menor".

Márlon Reis diz que sua proposta ao lançar o livro é expor para o grande público os crimes por trás das campanhas eleitorais e, com isso, combatê-las. O livro, no entanto, causou reações negativas, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves afirmou que iria entrar com uma representação no Conselho Nacional de Justiça contra o magistrado. "Escrevi o livro nas minhas horas vagas. O CNJ pode fiscalizar minha atuação como magistrado mas não tem poder sobre meu pensamento e minha atividade intelectual", disse o juiz.

Valmar Hupsel Filho 
O Estado de S. Paulo 
Editado por Brasil Contra Corrupção



Ronaldo se diz surpreso com poucos protestos na Copa e diz que nunca criticou a Fifa

Imagem: Reprodução/EBC
Ronaldo se mostrou surpreso com menos protestos na Copa do que o esperado, e como a população brasileira recebeu a Copa. "A população mais uma vez nos surpreendeu positivamente. Vivíamos um clima muito tenso, com a população muito descontente."

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Justiça condena internautas por 'curtir' e compartilhar post no Facebook

Imagem: Reprodução/Facebook
Duas mulheres foram condenadas a pagar R$ 20 mil, cada uma, por replicarem um conteúdo ofensivo contra um veterinário na rede social Facebook. A decisão inédita do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) em Dezembro de 2013 pode ser recomendada como jurisprudência para ser aplicada em situações semelhantes.

O processo em questão envolve um veterinário acusado injustamente de negligência ao tratar de uma cadela que seria castrada. Foi feita uma postagem sobre isso no Facebook e, mesmo sem comprovação de maus tratos, as duas mulheres curtiram e compartilharam. No entendimento do TJ-SP, ao curtir ou compartilhar algo no Facebook, o usuário mostra que concorda com aquilo que está ajudando a divulgar e por isso incluiu as duas replicadoras do conteúdo na sentença junto com quem criou a postagem.

Relator do processo, o desembargador José Roberto Neves Amorim disse que "há responsabilidade dos que compartilham mensagens e dos que nelas opinam de forma ofensiva". Amorim comentou ainda que a rede social precisa "ser encarado com mais seriedade e não com o caráter informal que entendem as rés".

Mais informações sobre o processo aqui.

Leia também Marco Civil da Internet entra em vigor

O Marco Civil da Internet está em vigor e todos internautas devem prestar bastante atenção ao curtir ou compartilhar alguma postagem para evitar possíveis problemas.


Com informações do JusBrasil 


Mulheres abrem jurisprudência a indenização por comentário ofensivo em rede social: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2013/12/1380428-mulheres-abrem-jurisprudencia-a-indenizacao-por-comentario-ofensivo-em-rede-social.shtml

Editado por Brasil Contra Corrupção

Drone para reprimir manifestações que dispara balas está sendo vendido

Imagem: Reprodução/Desert Wolf
A empresa Desert Wolf, com base na África do Sul, uma fabricante de equipamentos de defesa e segurança começou a vender um modelo de drone – pequena aeronave não tripulada controlada remotamente (vide imagem)-, que dispara balas com spray de pimenta. As 25 primeiras unidades foram vendidas para uma mineradora na África.

Segundo a empresa, o drone foi projetado para ajudar no controle de tumultos e pode enfrentar multidões de manifestantes sem colocar em risco a vida de policiais. No site da Desert Wolf, podemos ler sobre o drone, um octacóptero, que tem acoplado a ele quatro dispositivos do tipo usado em armas de paintball, cada um com capacidade para disparar até 20 balas por segundo. O drone pode carregar até 4 mil balas e tem alto-falante para transmitir mensagens de advertência aos manifestantes e a multidão.

A munição é composta de balas contendo spray de pimenta ou tinta (paintball) ou ainda balas de festim (plástico). Muitos não aprovam o uso desse tipo de dispositivo para uso no controle de manifestações. Noel Sharkey, presidente do grupo ativista Comitê Internacional para Controle de Armas Robóticas, disse que o uso de drones para isso é um potencial risco para abusos na repressão a protestos”. “Disparar balas de festim de drones pode causar sérias lesões e até eventualmente matar.

Usar spray de pimenta contra manifestantes é uma forma de abuso de autoridade e não deveria ser permitido”, disse Sharkey. “Precisamos urgentemente de uma investigação da comunidade internacional antes que esses drones sejam usados amplamente”, acrescentou Sharkey.

Com informações da RT, Epoch Times e Folha Centro Sul
Editado por Brasil Contra Corrupção




sexta-feira, 20 de junho de 2014

Universal chama Dilma e outros para abertura do Templo de Salomão

Imagem: Reprodução/Wikipedia
Os dirigentes da Iurd querem reunir a presidente, os governadores e o prefeito de São Paulo, os ministros do STF e o presidente do Congresso, para inaugurar o mais importante de seus projetos religiosos, o Templo de Salomão, construído no Brás, região de São Paulo. O Planalto diz que Dilma deve ir.

O governador Geraldo Alckmin e o prefeito Haddad ainda não confirmaram presença, segundo suas assessorias. Durante o evento somente o líder e fundador da igreja, bispo Edir Macedo, irá se pronunciar. Com forte presença entre os dirigentes do Partido Republicano Brasileiro, o PRB faz parte da base aliada a Dilma e participa do primeiro escalão do governo - ocupa o Ministério da Pesca. Em São Paulo, o partido faz parte da base de sustentação do governador Alckmin e deve apoiar a reeleição do tucano.

A abertura do templo, será no dia 31 de julho com o evento para os políticos. Entre convidados estão lideranças da sociedade civil e do empresariado e 60 delegações estrangeiras, inclusive Israel. Somente para convidados da igreja, a Iurd pretende lotar os 10 mil lugares na maior festa da igreja feita em São Paulo, outros eventos ocorrerão e a festa de abertura deve durar 20 dias.

O Templo de Salomão levou quatro anos para ser construído, cm uma área de 74 mil m², dez mil lugares e uma fachada com altura de 56 metros. No Templo de Salomão será proibido fazer fotos ou filme de seu interiorm, segundo Renato Parente, assessor da Iurd, o intuito é manter o templo sagrado. Pedras foram trazidas de Israel e o modelo do Templo foi contruído de acordo com o original, que foi destruído no ano 70.

A obra custou cerca de R$ 650 milhões, segundo Parente, obtido de doações de fiéis, obreiros e pastores. O complexo do novo templo vai ter ainda um edifício para estacionamento de carros e um museu. A fachada não terá a tradicional marca dos templos da Iurd: "Jesus Cristo é o Senhor - Igreja Universal do Reino de Deus". Haverão cultos mas nenhum será televisionado.

Fundado em 1977 pelo bispo Edir Macedo, a Iurd é uma denominação neopentecostal ligada à chamada teologia da prosperidade, que procura para os fiéis a realização nesta vida como forma de manifestação da graça divina. Em 1989, o bispo também se tornou controlador da Tv Record, outros bispos a igreja possuem o controle de 64 emissoras de rádio e canais de Tv por todo o país.

Com informações de O Estado de São Paulo
Editado por Brasil Contra Corrupção



Gabriel o pensador: “Aqueles que eram contra a Copa, eu quero dizer que vocês me representam”; assista

Imagem: Reprodução/YouTube
Gabriel 'o Pensador', revelou não ter aceito convites publicitários ligados a Copa para não se sentir "cúmplice do lado ruim da Copa", em entrevista ao Sportv. Criticou também a quantidade de dinheiro gasto para realizar o mundial enquanto os serviços públicos são péssimos e precisariam mais deste dinheiro.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Jornalista americano critica e expõe a realidade da Fifa e do Brasil; assista

Imagem: Reprodução/YouTube
Jornalista americano explicou, com humor, porque os brasileiros estão revoltados com a Copa do Mundo e o que a Fifa está fazendo com o país.

Madureira, do Casseta & Planeta, responde à 'lista negra' do PT: 'Pode vir que eu não tenho medo'; assista

Imagem: Reprodução/YouTube
"Pode vir que eu não tenho medo", assim respondeu o humorista Marcelo Madureira, do Casseta & Planeta, após ter visto que seu nome está na lista negra do PT, com jornalistas e comunicadores que se opõem ao partido.


'É oficial. O PT quer a minha cabeça', diz Danilo Gentili

Imagem: Reprodução/Facebook
Após ter sido incluído numa "lista negra" veiculada no site do PT, por se opor ao partido, Danilo Gentili fez um comunicado pelo seu facebook, "a caça as bruxas começo", diz ele.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

'Lula e Dilma dão dinheiro do povo para ladrões da CBF e da FIFA', diz jornalista britânico


Imagem: Reprodução/EBC
O chamado 'inimigo número 1 da FIFA', o jornalista da BBC Andrews Jennings 
disse que Lula e Dilma estão dando dinheiro do povo para os ladrões da CBF e da 
FIFA, que ambos não passam de uma máfia de larápios, que tudo já está acertado.