domingo, 14 de outubro de 2018

Haddad posta "As mentiras de Bolsonaro"; assista

Bolsonaro: "Não pode me chamar de corrupto. Inclusive xará, conselho meu e eu faço. Eu sonego tudo que for possível. E seu eu não puder não pagar o negócio da nota fiscal eu não pago".
Imagem: Facebook Fernando Haddad - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção
O candidato do Lula ao Palácio, Fernando Haddad, divulgou vídeo onde o presidenciável Jair Bolsonaro fala sobre diferentes assuntos de grande importância. Confira descrição do petista feita em sua página no Facebook: "O deputado Jair Bolsonaro foge dos debates porque é mentiroso, como vocês podem ver nesse vídeo. Compartilhe e envie para quem vota nele ver que Bolsonaro mente pra ganhar seu voto". Assista:


Nas imagens Bolsonaro questiona onde tem áudio ou vídeo dele atacando negros, mulheres ou sobre homofobia e na sequência do vídeo editado em oportunidades diferentes o presidenciável do PSL 17 falas sobre os temas.
Preta Gil: "E se seu filho, se apaixonasse por uma negra. O que você faria?"
Bolsonaro: "O Preta, eu não vou discutir promiscuidade com quer que seja. Eu não corro esse risco e meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambientes, como lamentavelmente é o teu".

Leia também: CNJ afastou juiz que mandou exército investigar fraude nas urnas na véspera das eleições
Jornal da Band denuncia fraude nas urnas eletrônicas; assista
"The Noite" mostra falha nas urnas eletrônicas apontadas por professor da Unicamp; vídeo
Em vídeo, deputado chama eleitores de palhaços e denuncia fraude nas urnas do Brasil

Vídeo: "Vir um terrorista tentar tirar a vida de um homem que é a esperança de milhões", diz Flávio Bolsonaro
Atentado: "O depoimento do delegado que está conduzindo, realmente é para abafar", diz Bolsonaro; vídeo
Amoêdo no Jornal Nacional
General Mourão, vice de Bolsonaro, na Globo News;vídeo
João Amoêdo no Pânico;vídeo
Marina Silva no Jornal Nacional
Geraldo Alckmin no Jornal Nacional; transcrição e vídeo
Bolsonaro no Jornal Nacional; transcrição e vídeo
Candidato de Lula, Fernando Haddad, no Jornal Nacional
Leia trechos e assista ao debate completo do SBT/Folha/UOL

Ibope/CNI 26/09: Bolsonaro tem maior rejeição/intenção, saiba convicção, voto útil e 2° turno
"Não embarca em lenda urbana que muitas vezes é transmitida pela internet", diz Mourão sobre Nióbio
Bolsonaro divulga última entrevista antes do atentado
Leia trechos e assista ao debate completo do SBT/Folha/UOL
Falas de Daciolo movimentam internet: Mulheres, fraude nas urnas, Fies, Prouni, Bolsa família, cotas; vídeos 



Bolsonaro: "Eu fui num quilombola em Eldorado Paulista. Olha, o afrodescendente mais leve de lá, pesava 7 arrobas. Não fazem nada. Eu acho que nem para procriadores servem mais".

Bolsonaro: "Eu não empregaria com o mesmo salário. Ah mas tem muita mulher que é competente, eu acho que essa igualdade...".

"Tem muita mulher competente?" Luciana Gimenez interrompe questionando.

Bolsonaro: "Agora gostar de homossexual, sai pra lá, ninguém gosta, tá ok? Ninguém gosta, a gente
suporta. Ah é coisa de viado o que eles tão fazendo".

Depois Bolsonaro continua: "Não pode me chamar de corrupto. Inclusive xará, conselho meu e eu faço. Eu sonego tudo que for possível. E seu eu não puder não pagar o negócio da nota fiscal eu não pago".

Bolsonaro: "As minorias tem que se curvar as maiorias. As leis devem existir para defender as maiorias, as minorias se adequem, ou simplesmente desapareçam".

Bolsonaro: "Sou uma só bandeira, um só coração verde e amarelo".
Bolsonaro: "A minha continência à bandeira americana".
Bolsonaro: "Por questão de coerência, eu quero saudar o Hugo Chávez".
Bolsonaro: "A certeza que vocês terão é que serei realmente, não mais um capitão do exército, mas um soldado do Brasil."

Pergunta: "Se você fosse hoje o Presidente da República, você fecharia o Congresso Nacional?"
Bolsonaro: "Não há a menor dúvida, daria o golpe no mesmo dia. ... Dê logo um golpe, pô, parte logo para a Ditadura. Agora, eu sou favorável a tortura, tu sabe disso. ... Me desculpa né, mas através do voto você não vai mudar nada nesse país!".

A campanha eleitoral de 2018 está cada dia mais acirrada e a proporção deve aumentar nos próximos dias onde se aproxima uma das datas mais importantes na história de uma democracia. Você deve avaliar bem em quem votar e cumprir seu papel no dia independente de qualquer coisa.

Por BCC Brasil Contra Corrupção que está desde 2013 na internet na luta por mudanças.