sábado, 20 de junho de 2020

Dilma: "Parte da direita brasileira rompeu com o neofascismo, mas sustenta o neoliberalismo de Paulo Guedes"

Dilma: "Parte da direita brasileira rompeu com o neofascismo, mas sustenta o neoliberalismo de Paulo Guedes"
Imagem: Reprodução Facebook

A ex-presidente Dilma postou em seu Facebook sobre a direita brasileira, assunto que ela já falou também em outras oportunidades. Dilma diz que o impeachment do Bolsonaro ainda não tem condições maduras porque os endinheirados no país querem manter uma agenda econômica com arrocho e sacrifícios ao povo no Brasil. Fez críticas ao desmonte do Estado brasileiro que depois de seu impeachment vigorou. "Uma parte da direita brasileira rompeu com o neofascismo, mas sustenta o neoliberalismo de Paulo Guedes",  disse a ex-presidente Dilma.

Em entrevista ao UOL em julho de 2019, Dilma falou sobre o assunto também. "Este é um governo neoliberal e neofascista. Essa visão incomoda o centrão, a direita mais civilizada, a centro-direita. Eles achavam que iriam tutelar o Bolsonaro, que iriam conseguir fazer com que se civilizasse um pouco, e não os constrangesse com as manifestações toscas, não civilizadas, grosseiras que ele faz sistematicamente", disse Dilma.

Leia também Maduro denuncia Bolsonaro na ONU por negligência com a pandemia de coronavírus
PT quer R$ 600 por 1 ano e Bolsonaro diz que "Brasil quebra" sobre mais duas de R$ 600,00
PT quer prorrogar renda de R$ 600,00 por 1 ano
Bolsonaro vai vetar auxílio de R$ 600,00 para o Brasil não quebrar





Lula: "Impeachment de Bolsonaro não é uma questão política. É a única alternativa se quisermos defender a vida"
Moro na estreia da CrusoÉ: "Precisamos dos militares, mas não dos seus fuzis, e sim dos exemplos costumeiros de honra e disciplina"
Bolsonaro após prisão de Queiroz: "Sistema particular (de informações) que tenho falado são amigos que eu tenho pelo Brasil"

Bolsonaro sobre Queiroz: "Parecia que estavam prendendo o maior bandido da face da Terra"
Bolsonaro após prisão de Queiroz: "Não respondo pelo que sei nenhum filho meu responde qualquer processo na Justiça Federal ou perante a Polícia Federal"

Lula: "Por que não foi a Polícia Federal que prendeu o Queiroz?", questionou
Eduardo Bolsonaro após prisão de Queiroz: "O sistema é bruto, o jogo é cruel"
"O importante é que polícias, MP e Cortes de Justiça possam trabalhar de maneira independente", diz Moro que acusou interferência de Bolsonaro na PF

Ex-assessor de Flavio Bolsonaro foi preso com cartaz "AI-5"
Moro na estreia da CrusoÉ: "Precisamos dos militares, mas não dos seus fuzis, e sim dos exemplos costumeiros de honra e disciplina"


Bolsonaro sobre auxílio emergencial: "Milhões de pessoas estão em análise, feita praticamente de forma manual"
MPF intima Flávio Bolsonaro e PF vai ouvir Queiroz sobre vazamento de operação no período eleitoral presidencial

Bolsonaro sobre vídeo: "Lamentavelmente, estes fatos não são mostrados na maior parte da mídia"
Eduardo Bolsonaro e Carlos dizem que Maia fez fake news contra Abraham Weintraub
Bolsonaro voltou ao cercadinho após fugir no dia da prisão de Queiroz

Bolsonaro: "Se dependesse de mim, não teria o pessoal parado de trabalhar não"
Lula: "Impeachment de Bolsonaro não é uma questão política. É a única alternativa se quisermos defender a vida"

"13 prestações do Bolsa Família (35 bi) são menores que uma só prestação (R$ 50 bi) de um mês do auxílio emergencial", disse Bolsonaro
Coronavírus matou mais em 3 meses (41.058) do que trânsito (40.721) ou homicídios dolosos (39.776) em todo ano de 2019 (12 meses) no Brasil

Bolsonaro voltou ao cercadinho após fugir no dia da prisão de Queiroz

Brasil Contra Corrupção que desde 2013 atua na internet




Comentários
0 Comentários