quinta-feira, 18 de junho de 2020

Eduardo Bolsonaro após prisão de Queiroz: "O sistema é bruto, o jogo é cruel"

Eduardo Bolsonaro após prisão de Queiroz: "O sistema é bruto, o jogo é cruel"

Imagem: Reprodução Facebook

O Deputado Federal por São Paulo e filho do presidente da república, Eduardo Bolsonaro, fez uma
publicação em seu Facebook após prisão de ex-assessor de seu irmão que é Senador, Flavio Bolsonaro, sobre lista que o COAF identificou movimentações suspeitas, o que desencadeou todas estas operações que atingem a família Bolsonaro. Leia abaixo.

Leia também Flavio Bolsonaro tem post marcado como fake news no Facebook
"É inadmissível, é começar a esticar a corda, alimentar a crise", diz Bolsonaro sobre cassar chapa ao Band News TV

Impeachment de Bolsonaro é apoiado por MBL oficialmente

"Tem hospital de campanha, hospital público, arranja uma maneira de entrar e filmar", disse Bolsonaro
PT quer prorrogar renda de R$ 600,00 por 1 ano

Hang sobre fake news: "R$ 2,5 milhões para a Havan? Meia hora de faturamento."

"Quem faleceu não foi por falta de respiradores ou UTI", diz Bolsonaro sobre coronavírus
Bolsonaro elogiou matéria da Band sobre coronavírus

Bolsonaro vai vetar auxílio de R$ 600,00 para o Brasil não quebrar

"Sai daqui, que você já foi ouvida. Cobre do seu governador", disse Bolsonaro para eleitora

Maduro denuncia Bolsonaro na ONU por negligência com a pandemia de coronavírus
Bolsonaro: "Eu não coordeno, nem convoco nenhuma manifestação."

"STF está dando golpe no Brasil. Não é Bolsonaro nem os militares. Se for preso pelo que falo, vou com prazer", diz Malafaia
Bolsonaro: "Não vou ser o primeiro a chutar o pau da barraca, eles estão abusando", "Vai chegar a hora"

"Atacar Bolsonaro", diz Flavio Bolsonaro sobre Queiroz preso

"Conforme dito pelo Sen. Flavio Bolsonaro, esses problemas só começaram a ocorrer após a eleição de JB.m, isso é um fato. O sistema é bruto, o jogo é cruel. Sabíamos disso e vamos seguir em frente", disse Eduardo Bolsonaro em seu Facebook oficial.





Por Brasil Contra Corrupção que desde 2013 está na internet




Comentários
0 Comentários