quarta-feira, 10 de junho de 2020

"Não é uma invenção da mídia, é uma coisa séria, uma coisa grave", diz médica sobre coronavírus

"Vamos levar essa doença a sério, vamos nos isolar o máximo possível", diz médica sobre coronavírus.


Imagem. Reprodução do You Tube da Brasil Contra Corrupção

"Não é uma invenção da mídia, é uma coisa séria, uma coisa grave", falou. "Vamos todo mundo pegar que assim fica fácil e ninguém mais tem. É? Tem certeza mesmo? É legal todo mundo pegar? E se esses todos que pegaram, os que vão morrer, pode ser alguém da sua família? Fica tudo bem assim? Se você concorda que todos vão pegar então vamos passar para todos?", perguntou médica. Sem máscara na praia e outros lugares desafiando e podendo passar doenças.  

Assista ao vídeo no canal da Brasil Contra Corrupção no You Tube:





"Nessa época do ano passado, tivemos tantas mortes, tivemos tantos casos, agora é tudo Covid, presta atenção, as mortes continuam iguais. As outras doenças continuam matando da mesma forma, hoje nós temos a mais mil mortes por dia por covid. Então para com esse cálculo patético que nesta época do ano morria a mesma coisa, mesmo número de gente, não. Está morrendo o dobro, está morrendo de outras doenças e covid. Outro ponto. Agora não estão morrendo de outras doenças, agora só existe covid, só se morre de covid. Meu filho, para de falar bobagem. Não faça assim comigo, não faça assim com a classe médica, não faça assim com seus colegas, presta atenção, os leitos de UTI são os mesmos, lógico, alguns foram aumentados, alguns foram ampliados e chega no pronto socorro o cara com infarte, o cara com derrame e o cara com covid e eles disputam a vaga que antes não existia a turma da covid", falou médica.

"É feio levar o campo da doença para a política. A gente tá cansada, a gente tá exausto disso, 'ah não é tudo isso, ah não são todos esses dados', é não são mesmo, são muito mais", falou médica que está cansada de dar diagnóstico de covid e de morte por ser "muito doido", disse.

"Vamos levar essa doença a sério, vamos nos isolar o máximo possível, você que faz a corridinha, pensa", disse a doutora médica especialista Elisabeth Dotti Consolo.

"Vamos parar com essa coisa patética que 'não é tudo isso, que não mata, os dados', não não, cada um no seu quadrado", disse médica que recomenda que especialistas falem ao invés de quem não entende. @elisabeth.dotticonsolo - Elisabeth Dotti Consolo https://www.facebook.com/elisabeth.dotticonsolo 

Lembrando que é importante que você siga as recomendações da Organização Mundial de Saúde atualizadas.

Por Brasil Contra Corrupção - 10/06/2020










Comentários
0 Comentários