domingo, 6 de setembro de 2020

Eduardo Bolsonaro: "2 anos depois, não tem a resposta: Quem mandou matar Bolsonaro?"

Eduardo Bolsonaro: "2 anos depois, não tem a resposta: Quem mandou matar Bolsonaro?"

Imagem: Reprodução Facebook


O filho do presidente Bolsonaro divulgou um vídeo e uma imagem sobre os dois anos da tentativa de assassinato contra seu pai, que era Deputado Federal naquele momento buscando o cargo de presidente ainda no primeiro turno. Muitas teorias foram feitas sobre quem teria pago para fazer o atentado mas investigações oficiais não apontaram mandantes.

"Hoje faz 2 anos da tentativa de assassinato de Jair Bolsonaro, então candidato. Graças a Deus e à ajuda de muitas pessoas, como médicos, enfermeiros, PF e anônimos ele sobreviveu. Mas as respostas ainda não apareceram. QUEM MANDOU MATAR JAIR BOLSONARO?

#QuemMandouMatarBolsonaro", disse Eduardo Bolsonaro na descrição da postagem no Facebook. "2 anos depois, o Brasil ainda não tem a resposta: Quem mandou matar Jair Bolsonaro?", pergunta na imagem da publicação.

A postagem teve mais de 42 mil reações, 5,2 mil comentários e 8,7 mil compartilhamentos até o dia 6/9.

Toda e qualquer forma de violência deve ser repudiada, coisas da política e qualquer outra devem ser resolvidas pacificamente e respeitando todas leis, autoridades e instituições.


"Muitas pessoas foram essenciais para que o ato ficasse só na tentativa. A começar pelos colegas da PF, que não "colaram as placas" num momento de alto estresse, souberam se comunicar entre si, fazer a rápida e vital extração de JB do local, já inclusive sabendo a rota para o hospital mais próximo.

Na sequência o Dr. Borsato e os médicos e enfermeiros da Santa Casa de Juiz de Fora-MG, que fizeram o pronto atendimento. No hospital havia 2 médicas do hospital Sírio Libanês quando eu cheguei lá mais tarde, também ajudando nos trabalhos.


Aos amigos, anônimos, que coordenaram a transferência para o Albert Einstein e a equipe deles liderada pelos Doutores Macedo e Leandro que posteriormente ainda viriam a operar JB mais 3 ou 4 ou vezes.


A todos que oraram, rezaram e enviaram energias positivas nestes momentos difíceis.


Os médicos da Sta. Casa de Juiz de Fora disseram que a faca entrou cerca de 15 centímetros e que o assassino ainda a girou para causar mais danos, o que demonstra sua intenção inequívoca de matar. A faca passou a 1 milímetro da veia cava, uma veia calibrosa, e que se fosse atingida não daria tempo de JB chegar ao hospital com vida; a extração pela equipe da PF e condução para o hospital foi determinante, pois mais 3 minutos já não haveria sangue para o coração bombear; chegando na Santa Casa de Juiz de Fora havia uma equipe de médicos especialistas para as exatas necessidades do paciente. Para muitos era o Brasil perdendo as esperanças. Para nós era, acima de tudo, a família perdendo o pai.


Hoje fazem 2 anos da tentativa de assassinato de meu pai. Aquilo que alguns chamam de coincidência, nós chamamos de benção - ou milagre se preferir. Obrigado, Senhor 🙏", disse Eduardo Bolsonaro.



----


Escrito por Brasil Contra Corrupção que desde 2013 no auge dos protestos ocorridos durante o evento mundial de futebol, Copa das Confederações que é um teste para realizarem a Copa do Mundo no ano seguinte, faz sua parte na internet, criada por AnonymousBr4sil que desde 2012 atua na internet e fez este movimento, esta ideia, de reunir pessoas em prol de causas e engaja das mais variadas formas, atendendo aos pedidos de muitos perfis que pediam um meio alternativo para verem materiais e compartilharem. Brasil Contra Corrupção não é um site jornalístico, somos meio que um movimento, uma ideia de união de pessoas, blog de opinião pessoal sem compromisso de jornalismo profissional, que divulga conteúdos de interesse da sociedade de todos atores políticos não importando quem sejam, acreditamos no debate acima de tudo e saber o que estão dizendo é fundamental. Não somos envolvidos diretamente com política e partidos, nossa atuação é como fazemos desde nossa fundação. Nunca indicamos ao público em quem votar, apoiamos que votem sempre e participem do processo eleitoral pois devemos sempre acreditar na política para resolver os problemas do país não importa o que tenha acontecido. 


Todas publicações são conferidas antes de serem divulgadas e tem base nos próprios perfis oficiais das pessoas citadas. Só tratamos de verdade, jamais vamos inventar falas de ninguém. Nossa liberdade consiste em não fazer parte de nenhum grupo político querendo se manter no poder ou entrar, consiste em esperar que os que estejam ou venham fazer parte em todos poderes tomem providências que melhorem a vida do povo. Nunca fomos alvo de processo por partidos ou políticos pois não fazemos notícias falsas, conhecidas por fake news, nem faremos.






Comentários
0 Comentários