quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Gleisi: "Jornal Nacional foi obrigado a reconhecer inocência de Lula"

 Gleisi: "Jornal Nacional foi obrigado a reconhecer inocência de Lula"

Imagem: Reprodução Facebook

A ex-Senadora e atual Deputada Federal do PT pelo estado do Paraná, Gleisi Hoffmann, divulgou em seu Facebook oficial um vídeo onde o Jornal Nacional diz que Lula não foi condenado pela primeira instância em Brasília, diferentemente do que disseram mais cedo. 

"Diferentemente do que nós dissemos mais cedo, o ex-presidente Lula não foi condenado pela primeira instância em Brasília no processo que era acusado  de usar sua influência para favorecer a Odebrecht. Ao contrário, em julho de 2019 o juiz de primeiro grau acolhendo os argumentos da defesa de Lula absolveu sumariamente o ex-presidente na prática de crimes de organização criminosa e rejeito parte de uma denuncia do Ministério Público contra Lula. Hoje o TRF1 mandou trancar o restante da ação penal", disse Bonner, apresentador do principal Jornal da rede Globo, o Nacional.


"JN É OBRIGADO A CORRIGIR INFORMAÇÃO SOBRE 5ª AÇÃO ARQUIVADA CONTRA LULA. O Jornal Nacional foi obrigado a reconhecer inocência do ex-presidente Lula em mais uma ação impetrada contra ele. Mas ao dar a notícia, o telejornal havia dito que Lula teria sido condenado em 1ª instância nesse processo, o que não é verdade. William Bonner teve que fazer a correção e dizer que o ex-presidente já havia sido absolvido por unanimidade e que agora a ação estava arquivada. Cada vez mais juízes e tribunais vão reconhecendo a inocência de Lula e mostrando como a Lava Jato foi tendenciosa em relação a ele. Estamos no aguardo do julgamento da suspeição do ex-juiz Moro pelo STF", disse Gleisi em seu Facebook.




E você, concorda com Gleisi quando ela diz que impeachment da Dilma foi golpe, prenderam Lula para o tirar das eleições se não ele ganharia e pra elegerem o Bolsonaro, e apoia o impeachment do presidente?



-----

Por Brasil Contra Corrupção que desde 2013 atua na internet no auge dos protestos  




Comentários
0 Comentários