sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

Bolsonaro não teve 500 mil assinaturas com 56 milhões de votos para criar partido desde 2019 até Janeiro de 2021

Bolsonaro não teve 500 mil assinaturas com 56 milhões de votos para criar partido desde 2019 até Janeiro de 2021

Imagem: Reprodução Facebook


Bolsonaro perdeu força? O presidente Bolsonaro não teve 500 mil assinaturas com 56 milhões de votos, desde 2019 até Janeiro de 2021, diz que teve mais votos só que teve fraude nas eleições e vai ter de novo em 2022, isso realmente é interessante, como pode desde o ano de posse não ter sobrado 500 mil   de 56 milhões de pessoas?  

Em 2018 teve o voto anti-PT acima de tudo, mas tentaram criar que existiu uma onda do Bolsonarismo, já tentando emplacar que seria até eleito novamente, só que na realidade não consegue juntar 500 mil fragiliza o presidente pois mostra que na realidade tem um público bem limitado apesar de toda força que aparenta ter virtual, não é a mesma na hora de meio milhão, principalmente na internet com dezenas de milhões de seguidores.


Realmente um caso de se estranhar, mostra que Bolsonaro em si, sozinho, por si só, tem um público muito pequeno de alcance, bem limitado mesmo não atingindo meio milhão de assinaturas.

Logo ele que faz um governo para os mais poderosos, líderes religiosos, grandes empresas, aos bancos, grandes grupos de concentração de pessoas, principalmente se podem se organizar algo contra ele e se manifestar como os caminhoneiros e armas onde abaixa impostos no canetaço mas no aumento dos alimentos ele não quis fazer nada, falou que não podia fazer nada, que inclusive conforme já postamos no aumento do arroz ele fala que plantadores estavam no prejuízo e não podia fazer nada,

O Aliança vai usar o número 38. Já era para ter participado das eleições de 2018, não conseguiram criar o partido e Bolsonaro está preocupado se novamente em 2022 o partido estará disponível.


O presidente alega dificuldade para conseguir organizar certinho todas 500 mil assinaturas.


Com a ex-presidente Dilma também foi assim, foi perdendo força de tal forma que ela nem conseguiu ser eleita Senadora por Minas Gerais, o Aécio Neves conseguiu pois foi para Deputado Federal, que precisa de bem menos votos.

Poucas pessoas que o presidente apoiou nas eleições de 2020 foram eleitas, os atos em seu favor estavam ficando vazios, bem diferente dos quase 60 milhões de votos, e o presidente ainda diz que era para ter sido eleito no primeiro turno, mas teve fraudes e no segundo turno ele também diz que teve mais votos.



Assinatura em favor da retirada do Bolsonaro:

bit.ly/FORABOLSONARO ou neste link: assinei.org/peticao/abaixo-assinado-pelo-impeachment/



Imagem: Reprodução Twitter do Bolsonaro


Bolsonaro em 2015 quando apoiava o impeachment da Dilma, o que o ajudou ser eleito tempos depois: "O povo é soberano, quando ele pede impeachment, é porque o governante só faz merda."

 


Leia também Retirada de Bolsonaro ganha força e pode se tornar realidade em 2021 

Bolsonaro: "Plantadores de arroz estavam com prejuízo há mais de 10 anos"

"Quem faleceu não foi por falta de respiradores ou UTI", diz Bolsonaro sobre coronavírus

Eduardo Bolsonaro tem postagem marcada como informação falsa

Flavio Bolsonaro tem post marcado como fake news no Facebook

Bolsonaro tem post marcado como enganoso e prejudicial sobre o coronavírus pelo Twitter 

Bolsonaro e Ministério da Saúde tem posts marcados como enganoso no Twitter  

Fora Bolsonaro com panelaço, carreata e placar do impeachment por MBL e Vem Pra Rua 

Retirada de Bolsonaro ganha força e pode se tornar realidade em 2021 

Bolsonaro não comprou 70 milhões de vacinas em agosto da Pfizer para dezembro 

STF diz que não proibiu Bolsonaro de atuar na pandemia de coronavírus  

Fracasso de Bolsonaro parte 2; Índia tira o Brasil mas envia vacina para outros países 

Apoiador de Bolsonaro, Hang, esposa e mãe estão internados por coronavírus 

7 da mesma família morrem por falta de oxigênio no Pará

Impeachment: Para Bolsonaro ser culpado cabe ao Congresso julgar, diz MPF/PGR

Impeachment do Bolsonaro tem mais de 100 mil assinaturas, saiba como ajudar 

Bolsonaro sobre impeachment: "Povo é soberano, quando pede, é porque o governante só faz merda."

Bolsonaro perdeu força? Elegeu poucos em 2020, não conseguiu assinaturas para criar partido, 56 milhões de votos em 2018 

Protestos contra Bolsonaro em várias cidades no Brasil no fim de semana 

Sem Bolsonaro, Brasil estaria no rumo certo, diz Gleisi ao Haddad do PT

Bolsonaro divulga vídeo de desembargador negacionista

Impeachment de Bolsonaro: Baleia Rossi diz que vai analisar pedidos se vencer Arthur Lira

Bolsonaro sobre atos por impeachment: "Carreata monstro, de uns 10 carros" 

Doria sobre Bolsonaro: "Sem parasitismo dos negacionistas e oportunistas. Até aqui só atrapalharam nosso trabalho" 

Impeachment de Bolsonaro: Sobrevoou de helicóptero em protesto vazio e criticou carreata "monstro, uns 10" contra ele

"PT não vai permitir que Bolsonaro avance na Câmara", diz Gleisi Hoffmann

Gleisi do PT: "Bolsonaro compra votos de Deputados para eleger seu candidato à presidência da Câmara"

Impeachment de Bolsonaro: 111 sim e 77 contra; 325 ainda não se posicionaram 

Bolsonaro sobre impeachment: "Vão pedir baseado no quê?"

MBL de Bolsonaro: "Traidor de uma nação"

Bolsonaro não teve 500 mil assinaturas com 56 milhões de votos para criar partido desde 2019 até Janeiro de 2021




Caso o partido não seja criado, Bolsonaro irá procurar outra legenda, atualmente está sem partido.  


O que você acha de Bolsonaro que não teve 500 mil assinaturas com 56 milhões de votos para criar partido desde 2019 até Janeiro de 2021? Perdeu força?


29/01/2021 - Sexta

Escrito por Brasil Contra Corrupção que desde 2013 no auge dos protestos ocorridos durante o evento mundial de futebol, Copa das Confederações que é um teste para realizarem a Copa do Mundo no ano seguinte, faz sua parte na internet, criada por AnonymousBr4sil que desde 2012 atua na internet e fez este movimento, esta ideia, de reunir pessoas em prol de causas e engaja das mais variadas formas, atendendo aos pedidos de muitos perfis que pediam um meio alternativo para verem materiais e compartilharem. Brasil Contra Corrupção não é um site jornalístico, somos meio que um movimento, uma ideia de união de pessoas, blog de opinião pessoal sem compromisso de jornalismo profissional, que divulga conteúdos de interesse da sociedade de todos atores políticos não importando quem sejam, acreditamos no debate acima de tudo e saber o que estão dizendo é fundamental. Não somos envolvidos diretamente com política e partidos, nossa atuação é como fazemos desde nossa fundação. Nunca indicamos ao público em quem votar, apoiamos que votem sempre e participem do processo eleitoral pois devemos sempre acreditar na política para resolver os problemas do país não importa o que tenha acontecido. 

Dependemos exclusivamente do que tem na internet já que não somos jornalistas, não investigamos situações, tentamos repercutir falas de personagens do país de um modo geral, portanto, publicações são feitas com base no que dizem em seus perfis oficiais onde paramos para olhar o que acontece e trazemos para mais pessoas verem, opinarem, enfim.

Todas publicações são conferidas antes de serem divulgadas e tem base nos próprios perfis oficiais das pessoas citadas. Só tratamos de verdade, jamais vamos inventar falas de ninguém. Nossa liberdade consiste em não fazer parte de nenhum grupo político querendo se manter no poder ou entrar, consiste em esperar que os que estejam ou venham fazer parte em todos poderes tomem providências que melhorem a vida do povo. Nunca fomos alvo de processo por partidos ou políticos pois não fazemos notícias falsas, conhecidas por fake news/informações falsas, nem faremos, uma de nossas missões é expor os acontecimentos na intenção de buscarmos em sociedade soluções para os problemas que enfrentamos e isto vem de comentários, dicas, sugestões, enfim. Damos vozes para todos os lados e qualquer pessoa da política que precisar de sua resposta ou opinião aqui nós divulgamos pois não temos lados escolhidos nem teremos.










 





Comentários
0 Comentários