Mostrando postagens com marcador Luciano Huck. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Luciano Huck. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Retirada de Bolsonaro ganha força e pode se tornar realidade em 2021

Panelaço, carreata, artistas se envolvendo no que o governo deveria estar fazendo, o mundo acompanhando, não tem como esconder o triste cenário. E você, apoia o presidente Bolsonaro ou apoia sua retirada?


É muito fácil perceber que Bolsonaro vem perdendo apoio de alguns meios que o ajudaram chegar no poder. Movimento Brasil Livre que apoiaram o então Deputado e candidato, Luciano Huck que foi seu eleitor, e até mesmo o público de um modo geral já vem mostrando um forte descontentamento contra o presidente por causa de sua forma de governar, principalmente na questão do coronavírus que até hoje, mesmo diante de 210 mil mortes oficiais, sem contar o tanto de mortes que não foram notificadas, testadas, o presidente insiste em criticar vacinas, ser contra máscaras, quer abrir escolas, quer o povo na rua para fazer a economia girar, o que agrava ainda mais a situação do vírus circulando na sociedade.



Imagem: Reprodução Facebook 


Datena, que já foi apoiador de Bolsonaro, vem fazendo fortes críticas, o Vem Pra Rua Brasil, que apoiou a saída da Dilma, também divulga postagens contra o presidente, apoiam panelaço, vão organizar carreatas, entre outras coisas. Até mesmo artistas, que estão se mobilizando em postagens e com dinheiro para ajudar pessoas que precisam cilindros de oxigênio, fazem o povo entender que se depender apenas do governo, que deveria se responsabilizar e cumprir sua função que é cuidar das pessoas, muita gente vai continuar morrendo por motivos que seriam evitáveis.

Imagem: Reprodução Facebook


O caos em Manaus, que teve até protestos pela abertura do comércio, mostra a realidade do país pro mundo e isso pressiona o presidente. Outras cidades já dão indícios que podem viver coisas até mesmo piores do que lá e isso é um fator determinante. Empresas indo embora do Brasil, empresas que ficam tendo que parar suas produções para doar cilindros que elas precisam para fabricarem seus produtos sendo enviados aos hospitais, mostra o grave cenário que o Brasil está vivendo. Pior, com o ENEM sendo aplicado, milhões de pessoas, entre alunos e logística de um modo geral, vão ajudar ainda mais crescer o número de infecções e mortes.

 

Reflexo semelhante aconteceu nas eleições, onde ficou abafado o fator coronavírus, que logo após o fim vieram os números comprovando o aumento de casos, assim como festas de fim de ano e férias. Todo impacto não pode ser sentido no momento que ocorre, sempre é alguns dias depois.


Fato é que em meio ao que está acontecendo, o Congresso brasileiro está de férias, deveriam estar votando a prorrogação do auxílio emergencial e tomando medidas para evitar tantas mortes. A pandemia é mundial, não vai acabar do dia para a noite e mais de 68 milhões de pessoas diretamente, sem contar seus entes, precisam do auxílio para suprir suas necessidades básicas.



A Pfizer, empresa dos EUA que existe desde 1849, tentou vender ao governo brasileiro nas primeiras conversas em julho e agosto de 2020, 70 milhões de doses ao Brasil para serem entregues em dezembro, o que iria diminuir o número de mortes, infecções e internações, mas não obtiveram sucesso por causa do governo do Brasil que também, com outras empresas, não foi atrás de tentar acordo com outros laboratórios, sentaram e esperaram na melhor versão 'se quiser, que venham', quando na verdade, outros governos foram atrás das empresas e conseguiram milhões de doses para seu povo, como foi com Israel.


Este também é um problema geral da política pois qualquer parlamentar poderia ter enviado comitivas para fora do Brasil para tentarem fazer acordos, o que é normal em tantos outros ramos, até hoje bilhões foram gastos da parte de parlamentares tentando fechar acordos pro agro, indústria, entre tantos outros setores, em viagens pelo mundo.

Imagem: Reprodução Facebook


Alexandre Frota promete pautar impeachment se for presidente da Câmara, até então o Bolsonaro culpava alguns setores em específico, como imprensa, esquerda, mas agora não dá mais para esconder que outros meios que não tem nada a ver com os citados, também estão descontentes. Bolsonaro segue o mesmo roteiro, inventa culpados, não assume responsabilidades, está sempre certo e vai mantendo uma base mínima fiel, que vai diminuindo conforme o tempo passa, fato é que apoio ao seu trabalho não vem crescendo.

Lembrando também que além dos problemas no Brasil, estamos vendo como ele vem atuando internacionalmente. Líderes como Merkel da Alemanha, Macron da França, Noruega e outros países do fundo Amazônia, critica a China com seus filhos e ministros, endossou ataque do EUA ao Irã, e até mesmo contra o Biden, presidente eleito do EUA, ele já vem acusando que foi eleito por fraudes. O que antes era direcionado contra Venezuela e Cuba, se expandiu para outras nações e isso isola o Brasil do mundo de uma forma nunca antes vista. Logo o Brasil que é um país pacífico, não se envolve em conflitos internacionais e recebe povos de todo o mundo, que não devem confundir a figura e atitudes do presidente de momento com o povo, que por sinal, recebe bem todos os povos.


Imagem: Reprodução Twitter


Resta saber até quando o país vai suportar, por isso é muito importante que o povo preste atenção neste momento da história que vai marcar quem fez, como fez, de que forma fez, em que tempo fez e assim por diante. Vale lembrar, que além de tudo isso, tem os processos de corrupção contra sua família que tiram o presidente do sério, como no dia da prisão do Fabrício Queiroz que sabe muito do presidente, e veremos muito deste assunto este ano.


Imagem: Reprodução Twitter


Fato é que o povo continua morrendo, Bolsonaro não vai mudar sua postura, então medidas tem que ser tomadas. Resta saber quando isto vai acontecer e como vai ocorrer. Por ter uma base forte no meio das forças policiais, do Exército, isso torna o assunto um tanto quanto delicado. Mais de 50 países no mundo vacinam e o Brasil continua no zero.


Veremos o que vai acontecer nos próximos momentos que podem ser decisivos pro futuro do Brasil. Não é mais apenas o povo daqui acompanhando, o mundo está de olho. A hashtag #ImpeachmentBolsonaroUrgente foi um dos assuntos mais comentados depois do caos em Manaus.


E você, continua apoiando Bolsonaro?



15/01/2021 - Sexta

Escrito por Brasil Contra Corrupção que desde 2013 no auge dos protestos ocorridos durante o evento mundial de futebol, Copa das Confederações que é um teste para realizarem a Copa do Mundo no ano seguinte, faz sua parte na internet, criada por AnonymousBr4sil que desde 2012 atua na internet e fez este movimento, esta ideia, de reunir pessoas em prol de causas e engaja das mais variadas formas, atendendo aos pedidos de muitos perfis que pediam um meio alternativo para verem materiais e compartilharem. Brasil Contra Corrupção não é um site jornalístico, somos meio que um movimento, uma ideia de união de pessoas, blog de opinião pessoal sem compromisso de jornalismo profissional, que divulga conteúdos de interesse da sociedade de todos atores políticos não importando quem sejam, acreditamos no debate acima de tudo e saber o que estão dizendo é fundamental. Não somos envolvidos diretamente com política e partidos, nossa atuação é como fazemos desde nossa fundação. Nunca indicamos ao público em quem votar, apoiamos que votem sempre e participem do processo eleitoral pois devemos sempre acreditar na política para resolver os problemas do país não importa o que tenha acontecido. 

Dependemos exclusivamente do que tem na internet já que não somos jornalistas, não investigamos situações, tentamos repercutir falas de personagens do país de um modo geral, portanto, publicações são feitas com base no que dizem em seus perfis oficiais onde paramos para olhar o que acontece e trazemos para mais pessoas verem, opinarem, enfim.

Todas publicações são conferidas antes de serem divulgadas e tem base nos próprios perfis oficiais das pessoas citadas. Só tratamos de verdade, jamais vamos inventar falas de ninguém. Nossa liberdade consiste em não fazer parte de nenhum grupo político querendo se manter no poder ou entrar, consiste em esperar que os que estejam ou venham fazer parte em todos poderes tomem providências que melhorem a vida do povo. Nunca fomos alvo de processo por partidos ou políticos pois não fazemos notícias falsas, conhecidas por fake news/informações falsas, nem faremos, uma de nossas missões é expor os acontecimentos na intenção de buscarmos em sociedade soluções para os problemas que enfrentamos e isto vem de comentários, dicas, sugestões, enfim. Damos vozes para todos os lados e qualquer pessoa da política que precisar de sua resposta ou opinião aqui nós divulgamos pois não temos lados escolhidos nem teremos.