segunda-feira, 8 de outubro de 2018

"Não portamos armas, nós vamos com a força do argumento para defender o Brasil e o seu povo", disse Haddad; vídeo

"Achamos que há muita coisa em jogo no Brasil em 2018, é uma eleição incomum ... muito diferente de todas as que participamos", falou Haddad.

Imagem: Facebook Fernando Haddad - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

O presidenciável Fernando Haddad, candidato do Lula, fez seu primeiro discurso após resultado oficial das eleições que terá segundo turno dia vinte e oito de outubro contra Bolsonaro do PSL 17. Citando diferentes temas, em uma nova eleição que se inicia agora, o candidato que já foi prefeito de São Paulo e Ministro no governo Federal do PT citou muitos temas, assista completo abaixo:

"Ganhamos em quatro regiões, perdemos no Nordeste", diz Bolsonaro; vídeo

"O que quero para o Nordeste é que uma região que através do seu povo, humilde, conservador e trabalhador, fique livre da mentira, fique livre da coação que sempre existe por parte do PT", disse Bolsonaro

Imagem: Facebook Bolsonaro - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção
Em uma transmissão ao vivo através de sua página no Facebook e canal no You Tube, o presidenciável que foi pro segundo turno com 46% dos votos, Jair Messias Bolsonaro do PSL 17, que não teve tempo de TV e rádio no primeiro turno mas forte apoio na internet falou sobre alguns assuntos em suas primeiras falas após confirmação oficial do TSE do resultado das eleições. Dia vinte e oito de outubro é o segundo turno e uma nova eleição se inicia já que o tempo será igual e todas propostas de Bolsonaro poderão ser conhecidas. Assista abaixo ao vídeo:

domingo, 7 de outubro de 2018

Delegado Francischini denuncia fraude nas urnas

"Tenta votar no Bolsonaro e não consegue, problemas pra votar pra presidente."

Imagem: Facebook Delegado Francischini - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

O candidato a deputado estadual pelo Paraná Fernando Francischini, que também é Delegado da Polícia Federal, (já foi militar, está temporariamente no parlamento) através de sua página no Facebook fez denuncias sobre o funcionamento das urnas eletrônicas que foram apontadas por eleitores e enviadas como mensagem pra sua página. "Tenta votar no Bolsonaro e não consegue, problemas pra votar pra presidente".

Mais de duzentos mil e quarenta compartilhamentos em pouco mais de quatro horas. Expôs algumas situações no vídeo em uma live no Facebook e disse que não quer empresa da Venezuela operando nossas urnas e pede auditoria externa. Advogado do PSL com Promotor e Juiz Eleitoral apreenderam as urnas e mandaram para perícia. Francischini recomenda que compartilhe o vídeo. Assista completo abaixo:


Bolsonaro, 46% e Haddad, 28% vão pro segundo turno

Seções apuradas: 434363 de 454490. Bolsonaro, 46% e Haddad, 28% vão pro segundo turno



Em dois mil e dezoito presenciamos uma das eleições mais disputadas e importantes da história. Forças de internet se mostraram como fundamentais pra que Bolsonaro passasse com folga pro segundo turno fazendo com que todos presidenciáveis disputassem apenas quem iria enfrenta-lo na próxima fase caso não terminasse ainda no primeiro turno.

41 milhões de votos pra nenhum presidenciável

Fica o destaque nas eleições para mais de três milhões de títulos cancelados. Quase três milhões de brancos, quase sete milhões de nulos e mais de vinte e oito milhões de abstenções que somados dariam pouco mais de quarenta e um milhões de votos que poderiam mudar ou não o rumo do país e que neste segundo turno pode fazer diferença se candidatos souberem como conquistar esta grandiosa parte do eleitorado.


93% de apuração: Bolsonaro, 47%; Haddad, 27%; Ciro, 12%; Alckmin, 4%; Amoêdo, 2%; Marina, 0,94%

Seções apuradas: 420449 de 454490. 93% de apuração no total: Bolsonaro, 47%; Haddad, 26%; Ciro, 12%; Alckmin, 4%; Amoêdo, 2%; Marina, 0,94% 

Imagem: Agência Brasil

Neste domingo, sete de outubro, milhões de pessoas foram exercer um entre vários de seus direitos de cidadania votando nas eleições do Brasil. Fica o destaque nas eleições de 2018 para mais de três milhões de títulos cancelados. Mais de dois milhões de brancos, mais de seis milhões de nulos e mais de vinte e cinco milhões de abstenções que somados dariam trinta e três milhões de votos e que poderiam mudar ou não o rumo do país.

Resultados parciais com 93% de apuração apontam o seguinte cenário presidencial:

Datafolha 6/10: Bolsonaro, 40%; Haddad, 25%;Ciro, 15%; Alckmin, 8%; Marina e Amoêdo, 3% de votos válidos

Em relação à rejeição aos candidatos, Jair Bolsonaro é apontado por 44% dos eleitores que declararam que não votariam de “jeito nenhum” no candidato no primeiro turno.

Imagem: Agência Brasil - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção
 O Instituto datatafolha divulgou neste sábado (6) a última pesquisa de intenções de voto para presidente antes do primeiro turno da eleição no domingo (7). Bolsonaro (PSL) aparece com 40% dos votos válidos disputa presidencial – descontados nulos e brancos ou eleitores indecisos. Haddad (PT) tem 25% e Ciro (PDT), 15%. Alckmin (PSDB) está com 8% e Marina (Rede) e Amoêdo (Novo) com 3%.

Alvaro Dias (Podemos) e Meirelles (MDB) aparecem com 2% das intenções de votos válidos. Boulos (PSOL) e Cabo Daciolo (Patriota) têm 1% cada um. Vera Lúcia (PSTU), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram.


Votos totais
No levantamento de votos totais (considerados brancos, nulos e os indecisos), os resultados são: Bolsonaro tem 36%, Haddad, 22%; Ciro, 13%; Alckmin, 7%; Marina, Amoêdo, 3%; Alvaro Dias e Meirelles, 2%; Cabo Daciolo e Boulos, 1%; Vera Lúcia, João Goulart Filho e Eymael não pontuaram.

Brancos e nulos somam 6%. Não sabem 4%.

Comparação
Na comparação com a pesquisa anterior, do dia 4 de outubro, Jair Bolsonaro oscilou de 36% para 40%. Fernando Haddad passou de 22% para 25%. Ciro Gomes oscilou de 13% para 15%. Alckmin passou de 7% para 8%. Marina manteve-se com 3%¨.

Rejeição
Em relação à rejeição aos candidatos, Jair Bolsonaro é apontado por 44% dos eleitores que declararam que não votariam de “jeito nenhum” no candidato no primeiro turno. A rejeição a Haddad é de 41%, Marina, 31%; Alckmin, 24%; Ciro, 21%; Meirelles,Boulos, Cabo Daciolo, Alvaro Dias, 15%; Eymael, 14%; Vera Lúcia, 13%; Amoêdo, João Goulart Filho, 12%.

Não sabem somam 3%. Votariam em qualquer um 1% e rejeitam todos, 2%.

Segundo turno
O Instituto Datafolha fez simulações de segundo turno entre os candidatos com as maiores pontuações. Resultados:

Jair Bolsonaro (45%) X Fernando Haddad (43%). Eles estão tecnicamente empatados. Brancos e nulos somam 10% e não sabem 2%;

Em outro cenário, Ciro Gomes teria 47% e Jair Bolsonaro, 43%. Brancos e nulos somam 8% e não sabem 2%.

Bolsonaro (43%) e Alckmin (41%). Brancos e nulos somam 13% e não sabem 2%.

Alckmin (41%) e Haddad (38%). Brancos e nulos somam 18% e não sabem 2%.


O levantamento ouviu 19.552 eleitores em 382 municípios, na sexta-feira (5) e no sábado (6). A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo e está registrada na Justiça Eleitoral.

Fonte: Agência Brasil - Edição: Carolina Pimentel - Reproduzido por BCC Brasil Contra Corrupção que está desde 2013 na internet na luta por mudanças pra melhor 

http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2018-10/pesquisa-datafolha-para-presidente




Ibope 6/10: Bolsonaro, 41%; Haddad, 25%; Ciro, 13%; Alckmin, 8% das intenções de votos válidos

A taxa de rejeição de Jair Bolsonaro é de 43% e de Fernando Haddad é de 36%. Marina tem 22%, Alckmin, 16%; Ciro, 15%;
Imagem: Arquivo Elza Fiúza - Agência Brasil - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção
O Ibope Inteligência divulgou neste sábado a última pesquisa de intenção de votos para a Presidência da República antes do primeiro turno das eleições neste domingo (7). O candidato Bolsonaro (PSL) tem 41% dos votos válidos e Haddad (PT) soma 25%. Ciro (PDT) tem 13% e Alckmin (PSDB), 8%. Marina (Rede) e Amoêdo (Novo) aparecem com 3% cada um. Meirelles (MDB), Cabo Daciolo (Patriota), Alvaro Dias (Podemos) registram 2% cada. Guilherme Boulos (PSOL) tem 1%. Vera Lúcia (PSTU), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram.

Os votos válidos não consideram os votos em branco, nulos e indecisos. Para vencer em primeiro turno, o candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais
De acordo com o Ibope, nos votos totais (considerados brancos, nulos e eleitores indecisos), Bolsonaro atinge 36%, Haddad, 22%; Ciro, 11%; Alckmin, 7%; e Marina, 3%.

Amoêdo, Meirelles e Cabo Daciolo têm 2% cada. Alvaro Dias e Boulos, 1%. Vera Lúcia, João Goulart Filho e Eymael não pontuaram. Brancos e nulos somam 7%. Não sabem ou não responderam 5%. O nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Evolução dos resultados
Na comparação com a pesquisa do dia 3 de outubro, Bolsonaro passou de 36% para 41%; Haddad de 22% para 25%.

Ciro oscilou de 11% para 13%; Alckmin de 7% para 8%; e Marina alcançou os mesmos 3% de intenção de votos.

Brancos e nulos passaram de 11% para 7% e não sabem ou não responderam oscilou de 6% para 5%.

Rejeição
A taxa de rejeição de Jair Bolsonaro é de 43% e de Fernando Haddad é de 36%. Marina tem 22%, Alckmin, 16%; Ciro, 15%; Meirelles, 10%; Alvaro Dias, Cabo Daciolo e Boulos, 9%; Eymael e Amoêdo, 8%; Vera Lúcia, 7%; João Goulart Filho, 6%.

Eleitores que votariam em todos somam 2% e não sabem ou não preferem opinar, 7%.

Segundo turno
Conforme o Ibope, uma eventual disputa em 2° turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, o candidato do PSL teria 45% dos votos e Haddad, 41%. Brancos e nulos somam 12% e não sabem, 3%.

Se o segundo turno fosse entre Ciro e Bolsonaro, Ciro venceria com 45%, Bolsonaro teria 41%, com 11% de votos em branco ou nulo e 2% não declararam.

Um disputa entre Alckmin e Bolsonaro, o tucano teria 40% e Bolsonaro, 43%. Nessa hipótese, 14% dos entrevistados declaram voto em branco ou nulo e 3% preferiram não declarar.

Jair Bolsonaro (46%) venceria em um eventual confronto com Marina (36%). Nesse cenário,15% dos entrevistados declaram voto em branco ou nulo e 3% preferiram não declarar.

O levantamento do Ibope foi realizado nos dias 5 e 6 de outubro e ouviu 3.010 eleitores. A pesquisa foi contratada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral.


Fonte: Agência Brasil - Edição: Carolina Pimentel - Reproduzido por BCC Brasil Contra Corrupção que está desde 2013 na internet na luta por mudanças pra melhor 

http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2018-10/pesquisa-ibope-para-presidente-da-republica











domingo, 30 de setembro de 2018

Penúltimo debate na Record TV entre presidenciáveis; vídeo

Importante pra democracia que toda sociedade acompanhem e ajudem espalhar todas propostas e debates entre presidenciáveis.

Imagem: BCC Brasil Contra Corrupção

Na noite de trinta de setembro foi exibido na Record TV o penúltimo debate entre presidenciáveis. Mediado por Adriana Araújo e Celso Freitas e com início às 22 horas com duração de duas horas. Bolsonaro foi convidado mas por questões médicas não vai participar. Estiveram presentes Alvaro Dias, Alckmin, Cabo Daciolo, Ciro, Haddad, Guilherme Boulos, Meirelles e Marina. O critério da legislação eleitoral exige a presença de candidatos de partidos ou coligações que tenham ao menos cinco representantes no Congresso entre Câmara e Senado.

CNT/MDA 30/09: Bolsonaro 28,2%; Haddad 25,2%; Branco/Nulo 11,7%; Indecisos 8,3%; Ciro 9,4%; Alckmin 7,3%; Marina 2,6%

Em hipótese de segundo turno, Fernando Haddad venceria Jair Bolsonaro, caso a eleição fosse hoje, por 42,7% a 37,3%. Jair Bolsonaro perderia de Ciro Gomes e venceria Geraldo Alckmin.

Imagem: Agência Brasil - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

A 139ª Pesquisa CNT/MDA, divulgada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte/Agência CNT de Notícias) neste domingo (30), traz as preferências dos entrevistados em cenários de primeiro e segundo turnos, o limite de voto e o grau de informação dos eleitores a respeito dos candidatos. Também aborda o interesse dos entrevistados nas eleições e a percepção de desempenho dos candidatos na propaganda eleitoral.

Conclusão

Os resultados da 139ª Pesquisa CNT/MDA mostram que, se a eleição fosse hoje, haveria segundo turno para a eleição presidencial, com a disputa ocorrendo entre Jair Bolsonaro (PSL), citado por 28,2%, e Fernando Haddad (PT), que aparece com 25,2%. Em seguida, aparecem Ciro Gomes (PDT) com 9,4%, e Geraldo Alckmin (PSDB) com 7,3%. É importante observar que Jair Bolsonaro e Fernando Haddad são os candidatos cujos eleitores se declaram como os mais decididos a confirmar o voto neles – acima de 80% para ambos.

#EleSim Em protesto ao #EleNão, manifestantes pró-Bolsonaro fazem atos; vídeos

Nas redes sociais, Flávio e Carlos Bolsonaro,  filhos do candidato, postaram vídeos com imagens de manifestações favoráveis ao pai.

Imagem: Reprodução Facebook Eduardo Bolsonaro - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

Publicado em 29/09/2018 - 20:46 Por Agência Brasil  Brasília - Edição: Renata Giraldi e Graça Adjuto

Em protesto ao movimento #Ele não, manifestantes saíram às ruas (29) em favor da candidatura à Presidência da República pelo PSL de Jair Bolsonaro. Houve protesto em Copacabana, no Rio de Janeiro, no qual homens e mulheres se vestiram de verde e amarelo, levaram cartazes com elogios ao deputado e reagiram às críticas.

Há informações de manifestações em São Paulo, Belo Horizonte, Teresina, Manaus e em várias cidade de grande e médio porte no país. Em alusão aos adversários, os manifestantes usaram como referência # Ele sim.

Leia também #EleNão Contra Bolsonaro, protestos no Brasil, EUA e Europa; vídeos

#EleNão Contra Bolsonaro, protestos no Brasil, EUA e Europa; vídeos

"Oh Bolsonaro pode esperar, a mulherada vai te derrotar" entoaram o canto em um dos vários protestos. Além de palavras de ordem contra Jair Bolsonaro, que ressaltavam a postura do candidato em relação às mulheres, à população negra e ao movimento LGBT, centenas de manifestantes portavam cartazes, camisetas e bandeiras com frases sobre a  luta anti-homofobia e antirracismo.
Imagem: Tomaz Silva Agência Brasil - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

Publicado em 29/09/2018 - 18:45 Por Agência Brasil  Brasília - Edição: Renata Giraldi e Graça Adjuto

Manifestantes saíram às ruas em várias cidades do mundo em protesto ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro. Nas redes sociais, como Twitter, Facebook e Instagram, há imagens dos protestos, incluindo vídeos e fotos, além de depoimentos e informações sobre as manifestações. Brasileiros e estrangeiros se reuniram em Nova York (EUA), Viena (Áustria), Milão (Itália), Londres (Reino Unido), Paris (França), Berlim (Alemanha), Barcelona (Espanha), Porto, Coimbra e Lisboa, em Portugal.

Em Nova York, houve samba na rua, cartazes em português e inglês. O protesto reuniu homens, mulheres e crianças de todas as idades. Em Londres, a manifestação lembrou o assassinado da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), em março, no Rio de Janeiro. Também participaram pessoas de distintas faixas etárias.   

Leia também #EleSim Em protesto ao #EleNão, manifestantes pró-Bolsonaro fazem atos; vídeos

CNJ afastou juiz que mandou exército investigar fraude nas urnas na véspera das eleições

Na reclamação apresentada pela AGU ao CNJ foi anexado um vídeo no qual o juiz questionava, ao lado do candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, a segurança e a credibilidade das urnas eletrônicas. CNJ afastou juiz que mandou exército investigar fraude nas urnas na véspera das eleições
Imagem: Agência Brasil - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

Publicado em 29/09/2018 - 10:04 Por Agência Brasil  Brasília - Edição: Kleber Sampaio

Provocado pela Advocacia Geral da União (AGU), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) acolheu pedido para adoção de “providências cautelares”, a fim de evitar que o juiz Eduardo Luiz Rocha Cubas, do Juizado Especial Federal Cível de Formosa (GO), colocasse em prática os planos de conceder, ao fim do dia 5 de outubro próximo, uma liminar determinando ao Exército o recolhimento de urnas eletrônicas a serem usadas no pleito do dia 7 de outubro.

De acordo com a AGU, a decisão evitou que o juiz “prejudicasse deliberadamente” a realização da eleição. “A liminar seria concedida no âmbito de uma ação popular que questiona a segurança e a credibilidade das urnas.

O comportamento suspeito do juiz começou a partir do momento em que ele permitiu a tramitação da ação no juizado, uma vez que a Lei nº 10.259/11 (que regulamenta os juizados especiais federais) dispõe expressamente que tais juizados não têm competência para julgar ações populares”, informou por meio de nota a entidade.

Leia também Jornal da Band denuncia fraude nas urnas eletrônicas; assista
"The Noite" mostra falha nas urnas eletrônicas apontadas por professor da Unicamp; vídeo
Em vídeo, deputado chama eleitores de palhaços e denuncia fraude nas urnas do Brasil

sábado, 29 de setembro de 2018

Datafolha 28/09: Bolsonaro 28%; Haddad 22%; Ciro 11%; Alckmin 10%; brancos/nulos 10%; Marina 5%; Amoêdo 3%

Em relação à rejeição aos candidatos, Jair Bolsonaro é apontado por 46% dos eleitores que declararam que não votariam de “jeito nenhum” no candidato no primeiro turno. A rejeição a Haddad é 32%.

Imagem: Agência Brasil - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção
Publicado em 28/09/2018 - 21:22 Por Agência Brasil  Brasília - Edição: Carolina Pimentel - Reproduzido em 29/09/2018 por BCC Brasil Contra Corrupção que está desde 2013 na internet na luta por mudanças.



O Datafolha divulgou na sexta-feira (28)  nova pesquisa de intenções de voto para presidente da República. Bolsonaro (PSL) aparece com 28% das intenções de voto na disputa presidencial. Haddad (PT) tem 22% e Ciro (PDT), 11%. Alckmin (PSDB) está com 10% e Marina (Rede) tem 5% das intenções registradas pelo levantamento.

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Bolsonaro divulga última entrevista antes do atentado

"Chega agora vem o 'alckminzinho paz e amor', moderado, nem pra direita nem pra esquerda. Continua se ferrando no Brasil, vota nesses caras, eu não estou preocupado com isso."

Imagem: Reprodução Facebook Bolsonaro - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

Em recuperação na cidade de São Paulo no hospital israelita Albert Einstein depois de sofrer atentado em Juiz de Fora, MG, o presidenciável pelo PSL 17 Jair Messias Bolsonaro divulgou em sua página no Facebook sua última entrevista feita antes do atentado. Abaixo o vídeo e algumas partes em texto de suas falas.

#JoãoCom6% na pesquisa Datafolha pra ir ao debate da Globo


Amoêdo juntamente com seus apoiadores da 'onda laranja' estão fazendo um 'twitaço' pro dia 27/09 às 11 horas. Uma petição pra que ele participasse dos debates está perto de ultrapassar mais de 1 milhão de assinaturas.

Imagem. Reprodução Facebook João Amoêdo - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

O presidenciável, que declarou patrimônio de R$ 450 milhões, João Amoêdo do Partido Novo pode participar do último e mais importante debate das eleições de 2018 que será na Globo dia quatro de outubro. Para que ele tenha presença garantida precisará de uma grande mobilização que já está acontecendo. O movimento #JoãoCom6% encheu a caixa de e-mails do Datafolha com mais de mil pedidos de militantes que querem participar das pesquisas do instituto. A Globo definiu que em seu debate de presidenciáveis podem estar quem ter pelo menos 6% das intenções de voto na próxima pesquisa que será realizada entre quinta e sexta-feira.

Leia também João Amoêdo no Pânico;vídeo
Amoêdo no Jornal Nacional
João Amoêdo no Canal Livre
"Exigirá do presidente muita convicção sua, não só dos seus assessores”, diz Amoêdo sobre economia; vídeo completo
João Amoêdo, do Novo 30, no É Notícia


Ibope/CNI 26/09: Bolsonaro tem maior rejeição/intenção, saiba convicção, voto útil e 2° turno

A rejeição de Jair Bolsonaro é de 44%. Fernando Haddad e Marina Silva têm rejeição de 27%. 19% não votariam em Geraldo Alckmin; 16% não escolheriam Ciro Gomes. Cabo Daciolo e Henrique Meirelles têm 11% de rejeição; e Eymael. 9%.
Imagem. Agência Brasil - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção
Publicado em 26/09/2018 - 14:46 Por Agência Brasil em  Brasília - Edição: Denise Griesinger e Carolina Pimentel - Copiado por BCC Brasil Contra Corrupção que apoia os protestos no país e a luta contra à corrupção desde 2013. 


O Ibope divulgou, nesta quarta-feira (26), nova pesquisa eleitoral sobre a disputa à Presidência da República. Conforme o levantamento, Jair Bolsonaro (PSL) obteve 27% das intenções de voto; Fernando Haddad (PT), 21% e Ciro Gomes, do PDT, (12%). O ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB) é o indicado por 8% dos entrevistados; Marina Silva (Rede) obteve 6% das menções; João Amoêdo (Novo) teve 3%; Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) foram mencionados, cada um, por 2% dos eleitores. Guilherme Boulos (PSOL) pontuou com 1%.

Cabo Daciolo (Patriota), Vera Lúcia (PSTU), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram neste levantamento do Ibope. Onze por cento dos entrevistados declararam voto em branco ou nulo; e 7% não responderam ou não sabem em quem vão votar.

Intenção de votos:
Bolsonaro (PSL): 27%
Haddad (PT): 21%
Branco/nulos: 11%
Ciro (PDT): 12%
Alckmin (PSDB): 8%
Não sabe/não respondeu: 7%
Marina (Rede): 6%
Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Meirelles (MDB): 2%
Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 0%
Vera (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%


quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Leia trechos e assista ao debate completo do SBT/Folha/UOL

Bolsonaro por ter sofrido atentado e estar em recuperação com alta prevista para os próximos dias não teve condições médicas de participar.


Imagem. Reprodução You Tube - Canal SBT - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção 

Mais um debate em rede aberta de televisão foi exibido, desta vez foi no SBT juntamente com
o jornal Folha de S. Paulo e o portal UOL. Bolsonaro (PSL) por estar se recuperando do atentado sofrido não teve condições médicas de participar. Carlos Nascimento, âncora do SBT Brasil, foi o mediador. Assista ao vídeo e confira trechos importantes no texto abaixo.

terça-feira, 25 de setembro de 2018

João Amoêdo, do Novo 30, no É Notícia


"A gente não pensa em se coligar, o Novo diferentemente de várias candidaturas a gente acompanhou todo esse processo e várias candidaturas, você tinha projetos pessoais e muitas vezes à procura do partido, à procura de uma legenda.", disse Amoêdo.

Imagem. Facebook - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

O presidenciável João Amoêdo que está candidato pelo partido Novo 30 tem algumas interessantes entrevistas e abaixo exibimos uma feita no programa da RedeTV!, É Notícia, dia 16/7/2018. Ele não participou dos debates por conta da lei exigir que emissoras de rádio e TV só convoquem candidatos que tenham partidos com ao menos cinco cadeiras entre deputados federais e senadores. Uma petição com mais de 600 mil assinaturas foi feita. Conferindo abaixo você pode ter uma noção melhor sobre suas propostas já que o tempo de propaganda na TV e rádio é pequeno.


Leia também João Amoêdo no Pânico;vídeo
Amoêdo no Jornal Nacional
João Amoêdo no Canal Livre
"Exigirá do presidente muita convicção sua, não só dos seus assessores”, diz Amoêdo sobre economia; vídeo completo


Atentado: "O depoimento do delegado que está conduzindo, realmente é para abafar", diz Bolsonaro; vídeo

"No meu entender foi planejado, político, não tenho a menor dúvida. Me tirando de combate, você pega os três, quatro próximos da relação [de candidatos] e são muito parecidos", disse Bolsonaro.

Imagem. Canal Joven Pan noYou Tube/ Montagem BCC Brasil Contra Corrupção 
O deputado federal e presidenciável do PSL 17, Jair Messias Bolsonaro, deu sua primeira entrevista após o atentado em Juiz de Fora (MG) onde uma faca foi usada como arma. Augusto Nunes, de Os Pingos nos Is da Rádio Jovem Pan de São Paulo, foi no hospital israelita Albert Einstein. Assista ao vídeo:

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Ibope: Bolsonaro tem maior rejeição, 2° turno perderia pra Haddad, Ciro e Alckmin, empata com Marina

Bolsonaro, 28%; Haddad, 22%; Branco/nulos, 12%, Ciro, 11%; Não sabe/não respondeu, 6%, Alckmin, 8%; Marina, 5%; Amoêdo, 3%; Alvaro Dias, 2%; Meirelles, 2%; Boulos, 1%; Cabo Daciolo, 0%; Vera, 0%; João Goulart Filho, 0%; Eymael, 0%

Publicado em 24/09/2018 - 19:28 Por EBC - Agência Brasil em Brasília - Edição: Carolina Pimentel - Copiado e editado por BCC Brasil Contra Corrupção que apoia os protestos no país desde 2013 -

No fim da postagem você pode comentar com seu Facebook ou Google +. Sugestões de publicações em nosso site www.brasilcontracorrupcao.com devem ser enviadas por mensagem em nossa página no Facebook da BCC Brasil Contra Corrupção www.facebook.com/brcontracorrupcao

Foto: Wikimedia Commons/ Wikipedia Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

Nova pesquisa do Ibope Inteligência sobre intenções de voto para a Presidência da República revela que o deputado federal Bolsonaro (PSL) mantém o primeiro lugar com 28% das intenções de voto, a mesma proporção identificada na pesquisa de 18 de setembro. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) cresceu três pontos e atingiu 22% das menções.


Leia também Amoêdo no Jornal Nacional
General Mourão, vice de Bolsonaro, na Globo News;vídeo
João Amoêdo no Pânico;vídeo
Marina Silva no Jornal Nacional
Geraldo Alckmin no Jornal Nacional; transcrição e vídeo
Bolsonaro no Jornal Nacional; transcrição e vídeo
Candidato de Lula, Fernando Haddad, no Jornal Nacional


sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Datafolha: Bolsonaro, 26%; Ciro e Haddad tem 13% cada; Alckmin, 9% e Marina, 8%

No segundo turno, Jair Bolsonaro perderia em eventual disputa para Ciro Gomes (45% a 38%). Em relação a Marina Silva (43% a 39%) e Geraldo Alckmin (41% a 37%), a desvantagem do candidato do PSL está na margem de erro. Em relação a Fernando Haddad, a vantagem de Bolsonaro é de um ponto percentual (41% a 40%). No fim da postagem você pode comentar com seu Facebook ou Google +.

Publicado em 14/09/2018 - 19:40 e atualizado em 14/09/2018 - 20:33 Por Agência Brasil e editado por Carolina Pimentel - Brasília - Reproduzido por Brasil Contra Corrupção

Imagem. Agência Brasil - EBC - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

Nova pesquisa do instituto Datafolha mostra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) com 26% das intenções de voto na disputa presidencial. Fernando Haddad (PT) atingiu 13% e está empatado com Ciro Gomes, que tem o mesmo percentual. Geraldo Alckmin (PSDB) obteve 9% dos votos e Marina Silva (Rede) é a candidata de 8% dos entrevistados.

Candidato de Lula, Fernando Haddad, no Jornal Nacional


Com acusações do candidato contra a emissora Globo, contra condenações segundo ele da Justiça sem provas, entre vários outros importantes temas.

Imagem. Jornal Nacional - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção


O PT oficializou como presidenciável em 2018 o ex-prefeito de São Paulo e ex-Ministro Fernando Haddad que tem como vice, Manuela D'Avila, do PC do B. O ex-presidente Lula após condenação na Justiça foi impedido de participar das eleições. Como não havia sido entrevistado ainda na Globo na série com presidenciáveis, a emissora fez no dia 14 de setembro. Com acusações do candidato contra a emissora, contra condenações, segundo ele da Justiça sem provas, entre vários outros importantes temas.  No fim da postagem você pode comentar com seu Facebook ou Google +.

Leia também Amoêdo no Jornal Nacional
General Mourão, vice de Bolsonaro, na Globo News;vídeo
João Amoêdo no Pânico;vídeo
Marina Silva no Jornal Nacional
Geraldo Alckmin no Jornal Nacional; transcrição e vídeo
Bolsonaro no Jornal Nacional; transcrição e vídeo

domingo, 9 de setembro de 2018

Vídeo: "Vir um terrorista tentar tirar a vida de um homem que é a esperança de milhões", diz Flávio Bolsonaro


"O Brasil não pode temer um militar no comando. Grande parte da mídia, que pinta um monstro do Bolsonaro, está tentando assustar a população como se um capitão no comando do país fosse alguma ameaça", disse o filho de Bolsonaro.

Imagem. Reprodução You Tube/Facebook. Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

Ao menos dois atos em prol da vida de Bolsonaro foram realizados neste domingo, nove de setembro. Em outras cidades no Brasil podem ter ocorrido mas até o momento não temos estas informações confirmadas. No Rio de Janeiro, em Copacabana no Posto 6, a concentração foi de parte da manhã até parte da tarde. Com discurso que você pode conferir abaixo. Em São Paulo o ato foi na avenida Paulista. No fim da postagem você pode comentar com seu Facebook ou Google +.

Ato em prol da vida de Bolsonaro em São Paulo. Imagem. Reprodução Facebook  Nas Ruas

"Perdão pela voz, foram dias difíceis que a gente passou agora. Você ver o seu pai sendo carregado nos braços do povo e vir um terrorista tentar tirar a vida de um homem que é a esperança de milhões de brasileiros. Vamos buscar força. Essa vai ser a resposta para aqueles que tentam macular o processo eleitoral com sangue. O Brasil não pode temer um militar no comando. Grande parte da mídia, que pinta um monstro do Bolsonaro, está tentando assustar a população como se um capitão no comando do país fosse alguma ameaça enquanto trata com anormalidade um condenado por corrupção, um ladrão, que tenta fraudar o processo eleitoral. Esse atentado à democracia não pode passar ileso. Parte da mídia está tratando esse homicida como se fosse maluco. Ele não tem nada de maluco. Ele fez isso de modo premeditado. Ele esteve em locais onde os meus irmãos estiveram em outro estado. Estava mapeando os passos da nossa família", disse Flávio.

Informações apuradas confirmaram que o agressor preso pelo atentado esteve em um clube de tiro em São José, SC, onde os filhos de Bolsonaro Eduardo e Carlos são sócios.

Assista abaixo ao vídeo no Rio de Janeiro:




Opção 2:




Assista abaixo ao vídeo em São Paulo com apoio de Nas Ruas e outros movimentos que são contra corrupção:







Quem tiver informações, fotos e vídeos de atos em outras cidades e sobre qualquer assunto das eleições 2018 pode enviar pra nossa página no Facebook. Importante frizar mais uma vez que Brasil Contra Corrupção foi criada em 2013 em prol de mudanças pra melhor e não apoia nenhuma forma de violência se tornando contra qualquer forma de ataques neste sentido. Democracia é tudo, abaixo toda forma de violência!

Brasil Contra Corrupção








sábado, 8 de setembro de 2018

General Mourão, vice de Bolsonaro, na Globo News;vídeo

Figura do vice no Brasil tem papel de protagonismo, tanto pelos ocorridos nos últimos anos quanto neste momento onde Bolsonaro está se recuperando de atentado.

IADC / Domínio Público / Wikimedia Commons - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

No dia sete de setembro o General Mourão, vice de Bolsonaro que foi vítima de um atentado em Minas Gerais e depois transferido para o Albert Einstein em São Paulo, participou de entrevistas no programa Central das Eleições no canal por assinatura Globo News.

Fatos interessantes chamam atenção na entrevista concedida pelo Militar e você pode ler o breve resumo de alguns itens abaixo dos vídeos.

Leia também "Não embarca em lenda urbana que muitas vezes é transmitida pela internet", diz Mourão sobre Nióbio


sexta-feira, 7 de setembro de 2018

João Amoêdo no Pânico;vídeo

Quer ser conhecido como gestor mas rejeita comparações com João Doria que foi prefeito de São Paulo e atualmente é candidato ao governo do estado.

Imagem. Reprodução canal Pânico Jovem Pan no You Tube - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

O presidenciável pelo Partido Novo, João Amoedo, esteve no programa Pânico respondendo muitos questionamentos frequentes sobre sua história de um modo geral e grande patrimônio. O fato de não ter participado de nenhum debate faz com que a maior parte do eleitorado que ainda é alcançado apenas e somente pela TV e Rádio não pode conhecer suas propostas. Uma petição com mais de 600 mil assinaturas para que ele participasse teve esta enorme adesão mas ele ficou de fora mesmo assim. Com patrimônio de R$ 425 milhões o presidenciável João Amoêdo diz querer levar sua história de sucesso na vida privada pra vida pública como Presidente do Brasil! Abaixo, no fim da postagem você pode comentar com seu Facebook ou Google +.

Leia também Amoêdo no Jornal Nacional
João Amoêdo no Canal Livre
"Exigirá do presidente muita convicção sua, não só dos seus assessores”, diz Amoêdo sobre economia; vídeo completo



"3 pessoas envolvidas", disse Jucelino sobre atentado contra Bolsonaro

José Maria Alencastro e Jucelino Nobrega da Luz deram alertas sobre a possibilidade de atentados. No mesmo texto Jucelino previu Bolsonaro eleito.
Imagem. Reprodução Facebook e divulgação do site www.jucelinonobregadaluz.com.br - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

Ao menos duas pessoas afirmam que previram que um atentado ocorreria contra o presidenciável Bolsonaro. Um deles diz que seriam três pessoas no total. Um foi de José Maria Alencastro do blog Profecias o Ápice em 2036 que é autor dos livros A Bíblia no 3° Milênio, Brasil: O Lírio das Américas, Armagedoom 2036 e Brasil: Ordem em Progresso, entre outros que estão sendo produzidos e em breve lançados. Abaixo, no fim da postagem você pode comentar com seu Facebook ou Google +. 

Leia também Bolsonaro é transferido para o Albert Einstein em São Paulo; vídeo

Bolsonaro é transferido para o Albert Einstein em São Paulo; vídeo

Após rápido socorro e cirurgia foi decidido na manhã de sete de setembro que o candidato será transferido de Minas pra São Paulo.
Imagem. Reprodução Facebook. Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

No dia seis de setembro o presidenciável Jair Messias Bolsonaro foi vítima de um atentado. A arma
usada pro crime foi uma faca. Após rápido socorro e cirurgia foi decidido na manhã de sete de setembro que o candidato fosse transferido pro Hospital Israelita Albert Einstein em São Paulo. Neste momento o candidato já chegou em São Paulo após rápida viagem de avião e está a caminho do hospital. Importante afirmar que Brasil Contra Corrupção repudia qualquer forma de violência e usa justamente meios pacíficos pra mudanças como a internet de um modo geral. Abaixo, no fim da postagem você pode comentar com seu Facebook ou Google +. 


quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Bolsonaro sofre atentado com facada

Imagem. Reprodução Redes Sociais/You Tube

O candidato a presidência do Brasil, Jair Bolsonaro do PSL 17 foi vítima de um atentado na tarde de seis de setembro de dois mil e dezoito. Líder nas pesquisas e com forte eleitorado fiel além do que pode conquistar, o candidato vem muito bem na campanha. Importante afirmar que Brasil Contra Corrupção repudia qualquer forma de violência e usa justamente meios pacíficos pra mudanças como a internet de um modo geral. No fim da postagem você pode comentar com seu Facebook ou Google +.  Não vamos reproduzir o nome, nem imagem do agressor pra não dar mais qualquer tipo de mídia pra este tipo de pessoa que faz atentado pra evitar que consiga atenção.

Leia também Bolsonaro é transferido para o Albert Einstein em São Paulo


terça-feira, 4 de setembro de 2018

"Exigirá do presidente muita convicção sua, não só dos seus assessores”, diz Amoêdo sobre economia; vídeo completo


"O próprio sistema político é um sistema que defende privilégios, sobrevive às custas de privilégios e defende barreiras de entradas pros novos e a gente tem constatado isso na prática" disse Amoêdo

Imagem. Partido Novo - Divulgação - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

O presidenciável João Amoêdo do Partido Novo, 30, participou do "Fórum EXAME - Propostas para Economia e Educação" e deixou algumas de suas pautas. Um importante ponto que está abaixo deve ser observado e o vídeo está completo pra quem quiser conferir todo debate! Sem participar de nenhum debate o presidenciável perde excelentes oportunidades de expandir seu eleitorado.  Uma petição pra que ele participasse dos debates com mais de 600 mil assinaturas foi feita mas de nada adiantou. Seu patrimônio é de R$ 425 milhões.

Leia também Amoêdo no Jornal Nacional
João Amoêdo no Canal Livre
João Amoêdo no Pânico;vídeo


segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Sabatina do UOL/Folha/SBT com Ciro Gomes

Sabatina do UOL/Folha/SBT com Ciro Gomes

Imagem. Reprodução Agência Brasil - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

O Portal UOL juntamente com a Folha de S. Paulo e o SBT promovem a partir de hoje sabatina com segundo eles, principais presidenciáveis. João Amoêdo do Partido Novo 30 ficará de fora. O primeiro entrevistado será Ciro Gomes do PDT 12.

Depois serão:
4/9 – Marina Silva (Rede)
5/9 – Guilherme Boulos (PSOL)

6/9 - Lula 10/9 – Alvaro Dias (Podemos)
11/9 – Geraldo Alckmin (PSDB)
12/9 – Cabo Daciolo (Patriota)
13/9 – Bolsonaro (MDB)
14/9 – Meirelles (PSL)

Assista abaixo:

Entenda "briga" entre Bolsonaro e Maria do Rosário que já dura 15 anos; vídeo

"Jamais iria estuprar você que você não merece", disse Bolsonaro pra Maria do Rosário

Imagem. Reprodução Facebook. Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

O Deputado Federal e presidenciável Jair Messias Bolsonaro divulgou em seu canal no You Tube um vídeo da Band News onde explica parte da história sobre virar réu no STF sobre suposta prática de incitação ao crime de estupro e injúria conta a Deputada petista Maria do Rosário. Importante lembrar que nada altera o cenário eleitoral. Transcrição de parte do vídeo:

A briga entre os 2 deputados já duram 15 anos. Tudo começou em 2003 quando Bolsonaro dava uma entrevista para uma emissora de TV sobre Champinha, na época com 16 anos que sequestrou e estuprou por 3 dias Liana Friedenbach e em seguida o adolescente matou a jovem e o namorado dela Felipe Caffé na grande São Paulo. Maria do Rosário invadiu a entrevista para defender Champinha dizendo que ele era só uma criança enquanto Bolsonaro pedia a prisão do assassino e a redução da maioridade penal em caso de estupro.

domingo, 2 de setembro de 2018

"Não embarca em lenda urbana que muitas vezes é transmitida pela internet", diz Mourão sobre Nióbio

Vice de Bolsonaro falou do Nióbio, entre outros assuntos.

Imagem. Reprodução Facebook. Montagem BCC Brasil Contra Corrupção


Em vídeo divulgado recentemente uma importante fala sobre um assunto de máxima importância chamou atenção, inclusive entre apoiadores de Militares de um modo geral que sempre estão com a instituição e esperam que ela divulgue a verdade sobre as riquezas do Brasil de um modo geral. 

Coronel Azim e General Mourão, vice de Bolsonaro, falam sobre o Nióbio. "É importante que todo mundo avalie as coisas, estude mais os problemas e não embarca em qualquer lenda urbana que muitas vezes é transmitida pela internet como se fosse uma verdade finalizada", disse Mourão.

Leia também Bolsonaro: superbateria de Grafeno com autonomia pra mais de 700km;vídeo


Bolsonaro: Superbateria de Grafeno com autonomia pra mais de 700km; vídeo

"Ao longo dos próximos dez anos mais de um trilhão de dólares farão presentes na economia do mundo e nós estamos deixando pra trás isso" disse Bolsonaro.

Imagem. EBC - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

O presidenciável Jair Messias Bolsonaro, do PSL - 17, conta com pouco tempo de campanha na TV e Rádio mas forte apoio na Internet e bem nas pesquisas de intenção de voto. Com várias propostas, neste vídeo coloca em pauta um assunto interessante: grafeno e como ele pode ajudar a sociedade de um modo geral. Não deixe de acompanhar mais este caso onde o país está atrasado em relação a outras questões se comparado a outros.

Bolsonaro dia 28/9 em entrevista ao evento Brasil de Ideias da Revista Voto realizado em Porto Alegre.

Vale do Grafeno:

João Amoêdo no Canal Livre

Com um tempo de duração bem maior do que a entrevista do Jornal Nacional você pode ter uma noção melhor sobre o Partido Novo e presidenciável Amoêdo.


Dia 1 de setembro divulgamos a entrevista de Amoêdo no Jornal Nacional mas tanto pelo fato do pouco tempo quanto atendendo aos pedidos de postagens viemos divulgar uma outra entrevista, desta vez bem maior. Teve petição em favor da participação dele nos debates com mais de 600 mil assinaturas mas não surtiu efeito. Patrimônio é de R$ 425 milhões e candidato pelo NOVO 30.

Leia também João Amoêdo no Pânico;vídeo
Amoêdo no Jornal Nacional
João Amoêdo no Canal Livre
"Exigirá do presidente muita convicção sua, não só dos seus assessores”, diz Amoêdo sobre economia; vídeo completo

Assista abaixo em 3 partes:

"Profissionais conseguiram sim, encontrar diversos vícios, diversas falhas no sistema de votação", diz Advogado no STF

"Ataques ao sistema de inicialização, conseguiram gerar um boletim de urna falso, conseguiram também obter a chave criptográfica da urna, conseguiram ainda, e o que é mais grave, recuperar a ordem do RDV, que é o Registro Digital do Voto, que garante o sigilo do voto, e portanto conseguiram identificar qual era o 1º, o 2º, o 3º voto de cada um dos eleitores.", disse.

Imagem. Reprodução TV Justiça - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção



O advogado Alberto Emanuel Albertin Malta, representando o Sindicato Nacional de Peritos Federais, levantou as falhas das urnas eletrônicas e neste momento onde pesquisamos em quem votaremos é bom saber como funciona o sistema eleitoral brasileiro que tem diferentes denúncias de fraudes por diferentes especialistas ao longo de muitos anos. Leia também Jornal da Band denuncia fraude nas urnas eletrônicas; assista
"The Noite" mostra falha nas urnas eletrônicas apontadas por professor da Unicamp; vídeo
Em vídeo, deputado chama eleitores de palhaços e denuncia fraude nas urnas do Brasil


sábado, 1 de setembro de 2018

Marina Silva no Jornal Nacional

Candidata novamente em 2018, teve 22 milhões de votos na eleição de 2014.

Foto: Marina Silva Creative Commons - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção

Marina Silva vem como a única mulher com chances de 2° turno a presidente e o Brasil independente de qualquer coisa que aconteceu pelo governo Dilma não pode deixar o machismo, entre outras coisas, imperar pois já vimos comentários de pessoas que não votariam na Marina por conta do que a "Dilma fez ao Brasil" mas nós viemos dizer que são pessoas diferentes, projetos de governos diferentes, momentos diferentes. Nós da Brasil Contra Corrupção estamos na internet desde 2013, não apoiamos diretamente políticos ou partidos de um modo geral, mas estamos ao lado do Brasil e todas pessoas devem ficar atentas pra isso. Preconceito jamais! Não vamos confundir as coisas.

Amoêdo no Jornal Nacional

Apresentou patrimônio de R$ 425 milhões à Justiça Eleitoral.

Imagem. Divulgação Partido Novo - Montagem BCC Brasil Contra Corrupção


O Presidenciável João Amoêdo do Partido Novo (30) foi entrevistado no Jornal Nacional, dia 31, abaixo você pode conferir e deixar sua opinião sobre este candidato que vem bem em pesquisas de internet mas que não participou dos debates por regra. Petição com mais de 600 mil assinaturas pra que ele participasse foi feita mas não adiantou.

Jornal Nacional: Candidato, o senhor defende um estado menor, mas que o que o senhor pretende fazer com a rede de proteção social para aquelas pessoas que precisam?

Leia também João Amoêdo no Pânico;vídeo
João Amoêdo no Canal Livre
"Exigirá do presidente muita convicção sua, não só dos seus assessores”, diz Amoêdo sobre economia; vídeo completo

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

"Presidente de tribunal que botou Lula na cadeia palestra pra vice de Bolsonaro", diz Azevedo

Brasil Contra Corrupção está desde 2013 na internet e em especial fazendo a cobertura das Eleições 2018. Para ajudar toda sociedade de um modo geral na melhor escolha pro futuro do país, entre outros motivos.
Imagem: Reprodução RedeTV! e You Tube - Montagem BCC - Brasil Contra Corrupção

O conhecido blogueiro e comentarista Reinaldo Azevedo no Pela Ordem do RedeTV News faz alguns relatos e algumas partes do que ele fala foi transcrito abaixo:

"Lula é primeiro nas pesquisas. Lula está preso por decisão de uma turma do TRF4 presidido por Carlos Thompson Flores. Como é que um membro do Judiciário com este papel agora vai dar uma palestra num órgão presidido (Clube Militar) pelo vice de Bolsonaro? O juíz enlouqueceu? Ele não honra a toga que tem sobre os ombros? Renuncie! Deixe o Judiciário! Quer fazer política vai fazer em outro lugar! Ah não mas ele não está fazendo política está! Não depende da vontade dele! Eu posso dar palestra onde eu quiser e se aquele que me contrata não gostar me mande embora, o senhor não pode ser demitido.

A menos que se entre com ação no CNJ e se for afastado será com vencimentos plenos. Na confusão do solta prende Lula, Carlos Flores telefonou pro Diretor da PF dizendo não solta extrapolando seu papel. O resultado é contraproducente.


Geraldo Alckmin no Jornal Nacional; transcrição e vídeo

Brasil Contra Corrupção está desde 2013 na internet e fazendo em 2018 a cobertura das eleições, para ajudar com informações de um modo geral e seu apoio é fundamental.

Imagem: Reprodução Globo - Montagem BCC - Brasil Contra Corrupção

Em sua última atividade na política, Geraldo Alckmin governou o Estado de São Paulo por 8 anos. Falou de alianças pra em Janeiro se eleito fazer rápido todas reformas, Aécio Neves, corrupção, segurança pública, entre outros temas. É importante que as pessoas se atentem que São Paulo é o maior colégio eleitoral do Brasil e o mais rico Estado da federação.

Você gostou da entrevista? Achou que faltou algo?

Opção 1.

Bilhões dos impostos: Acusação de Bolsonaro no JN é confirmada no UOL/Folha e negada na Globo

Brasil Contra Corrupção está desde 2013 na internet e fazendo a cobertura das Eleições 2018
pra ajudar toda sociedade de um modo geral na melhor escolha pro futuro do país, entre outros motivos.

Imagem: Agência Brasil - Montagem BCC - Brasil Contra Corrupção


Em tempos onde o assunto 'fake news' se tornou prioridade em vários meios temos um fato inusitado ainda em andamento envolvendo toda rede nacional de TV. Bolsonaro na entrevista do Jornal Nacional do dia 28 de Agosto acusou a Globo de ter recebido bilhões do governo. A Globo depois emitiu nota dizendo que a afirmação é absolutamente falsa e que a propaganda oficial do governo federal e de suas empresas estatais corresponde a menos de menos de 4% das receitas publicitárias e nem remotamente chega à casa do bilhão.

Só que na matéria "TV Globo recebeu R$ 6,2 bilhões de publicidade federal com PT no Planalto" de Fernando Rodrigues (atualmente no Poder360) na Folha de S. Paulo de 30 de Junho de 2015 podemos confirmar que as informações são diferentes das repassadas pela emissora global e em conformidade com a acusação do Deputado Federal e presidenciável Bolsonaro.

Entenda!

Aos 8:40 em diante a jornalista Renata levanta a importante causa da desigualdade de genêro dizendo que mulheres ganham 25% menos que homens. A conversa foi acontecendo até Bolsonaro dizer que o Bonner ganha mais do que ela, uma diferença salarial entre apresentadores do Jornal Nacional. Renata diz que como contribuinte ajuda pagar o salário do Bolsonaro, que o salário dela não diz respeito a ninguém e garante que não aceitaria como mulher receber menos que um homem que faça as mesmas funções e atribuições que ela.


quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Bolsonaro na Globo News; vídeo

Imagem: Reprodução YouTube/Globo News

Brasil Contra Corrupção está desde 2013 na internet e faremos a cobertura das Eleições 2018 conforme divulgado em publicação anterior "Bolsonaro no Jornal Nacional". Pela segunda vez na Globo News, dessa vez sem a Míriam Leitão, o presidenciável foi entrevistado e abaixo tem opções de vídeo e pedimos que no final deixe sua opinião pra contribuir pela melhora do Brasil. Não temos partido em específico mas vamos usar nosso espaço pra que você tenha mais informações pra escolher em quem votar e ajudar espalhar o que for de seu interesse.

Leia também Bilhões dos impostos: Acusação de Bolsonaro no JN é confirmada pela Folha e negada pela Globo

Bolsonaro no Jornal Nacional; transcrição e vídeo

Imagem: Montagem: BCC Brasil Contra Corrupção, Reprodução: YouTube/Globo
Brasil Contra Corrupção está desde 2013 na internet em apoio ao país de um modo geral e na luta por mudanças que possam melhorar a vida de toda sociedade. No auge dos protestos em 2013 nossa presença na web foi fundamental, e desde então, todos momentos importantes e causas que acreditamos nós divulgamos aqui. Como parte disto nós viemos avisar que faremos da nossa forma a cobertura das Eleições de 2018 no Brasil, deixando bem exposto que não apoiamos nenhum partido ou político em específico, mas que devemos enquanto pessoas dispostas a ajudar o Brasil usar este espaço pra difundir o que acreditamos ser correto. Sugestões podem ser enviadas pra nossa página no Facebook, nossa liberdade em poder falar de qualquer tema nos permite receber todas sugestões possíveis.

Assista também Bolsonaro na Globo News; vídeo
Leia também Bilhões dos impostos: Acusação de Bolsonaro no JN é confirmada pela Folha e negada pela Globo

Deixe seu comentário sobre a entrevista de um modo geral, quais temas foram importantes, quais temas faltaram? O que poderia ter sido melhor?